20 julho 2009

ACREDITAR OU NÃO (20/07/1969)

--------------------------------------------------------------------
Certa vez passei uma meia hora dialogando com um senhor que defendia a idéia de que os americanos não tinham “descido na Lua". Eu argumentava que existiam as fotos e as imagens de TV para provar. E que se não fosse verdade os soviéticos, então ferozes inimigos dos americanos, teriam sido os primeiros a denunciar ao mundo o que seria um embuste do Tio Sam... Eu já tinha desistido de prosseguir naquela questão, porém a coisa ficou clara quando ele disse:

- "Bem, que os americanos foram até a Lua e desceram na sua superfície, eu acredito. O que eu não acredito é que tenham descido “na Lua", ou seja, para o interior dela, para as suas profundezas, porque para isso precisariam ter cavado uma imensa cratera e por ela penetrado no subsolo lunar..."

Foi então que entendi estarmos falando a mesma linguagem com pontos de vista diferentes, mas tão próximos: o "descer na Lua" significava para ele "o já estando na Lua, descer para o interior dela". Hoje vejo que existem os que ainda não acreditam...
PS - A própósito, tínhamos um colega de trabalho cujo casamento foi realizado exatamente em 20/07/1969. Numa brincadeira coletiva, passamos um "Western" pra ele nos seguintes termos: "Tenha uma feliz alunissagem no seu Mar da Tranquilidade". Se teve, não sabemos. E nem lhe perguntamos...
--------------------------------------------------------------------
Imagem: Google
--------------------------------------------------------------------

37 Comments:

Anonymous Maria Augusta said...

Adelino, ainda bem que vocês se entenderam. Mas muitos jovens não acreditam que o homem pisou na lua, e põem em dúvida as fotos que comprovam a viagem. Mas na semana passada uma sonda lunar enviou fotos dos lugares onde eles alunissaram mostrando até as bases do módulo lunar que deixaram por lá, calando a boca de muitos detratores. A menos que eles desconfiem também destas fotos, pois vem da Nasa. O que seria preciso é que outros cheguem lá e vejam o que foi deixado pelos primeiros...
Abraços.

segunda-feira, julho 20, 2009  
Blogger Aninha Pontes said...

Adelino, acho que todos nós que vimos esse episódio, enfrentamos alguém que defendia ferrenhamente a não estada do homem na lua.
E como disse a Maria Augusta, ainda hoje encontramos quem não acredite.
Mas foi emocionante. Acho que foi o primeiro episódio que assisti assim tão mostrado e demonstrado pela televisão.
E lá se foram quarenta anos.
Que venham mais conquistas.
Um beijo prá você e prá Cláudia.

terça-feira, julho 21, 2009  
Blogger Lord Broken Pottery said...

Adelino,
Tema fascinante. Carroga vida fora aquele dia muito claro na memória, a emoção, "um grande paço para a humanidade", será? Tivemos uma empregada que discutia, também não acreditava, vivia, literalmente, no mundo da lua.
Grande abraço

terça-feira, julho 21, 2009  
Blogger sonia a. mascaro said...

Adelino, me lembro nitidamente deste dia e da emoção que senti! Mas também na época conheci pessoas que não acreditavam...
Beijos para você e para a Claudia!

terça-feira, julho 21, 2009  
Blogger Mário e Cris said...

Caro amigo Adelino,
No Fantástico de domingo, uma reportagem colocou abaixo as principais dúvidas em relação a ida do homem a lua...Conheci algumas pessoas que não acreditavam, especialmente por serem elas já de uma idade avançada e compouca instrução, e com toda a certeza, muitas pessoas ainda duvidam disso.
Ainda bem que você e seu amigo se entenderam,rs.
Obrigada pela visita,é sempre motivo de alegria tê-lo conosco.
Um bom resto de tarde,
Cris

terça-feira, julho 21, 2009  
Blogger Eduardo P.L said...

Não vou chover no molhado, para usar um termo da época! Todos conhecemos pessoas incrédulas que duvidam do óbvio. Mas existem! E isso prova como é complicado querer obter unanimidade em alguma tese ou idéia! Na verdade tenho pena dessas pessoas. Perdem muito tempo negando fatos, fotos e parte da história, que não esta nem um pouco se incomodando com elas. Freud diria que querem atenção.

Forte abraço

terça-feira, julho 21, 2009  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

Meu caro, unanimidade não existe, eu conheço pessoas que duvidam da veracidade do fato, e não adiantam provas pois lá vem eles com novos argumentos, rsss
Ainda bem que se entenderam, você e amigo.

lindos dias
beijos

terça-feira, julho 21, 2009  
Anonymous peri s.c. said...

Adelino
Ontem ao fazer uma rápida pesquisa para responder à Anna, que comentava que seu filho levantava algumas dúvidas à respeito, achei este site :
http://www.afraudedoseculo.com.br/
O seu autor, um mineiro, afirma ( e analisa ) que são 24 os indícios que tudo não passou de uma fraude.
Alguns desses " indícios" são patéticos, outros risíveis, outros interessantes. Aparece até o cineasta Stanley Kubrik na história da "fraude".

abraço

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous peri s.c. said...

Você conhecia a menos midiática e portanto menos veiculada primeira frase do " Buzz" Aldrin, o segundo a por os pés lá, logo atrás do Neil Armstrong ?
" Que notável desolação "
ah, ah.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Maria das Graças said...

Adelino.
Como agradar Gregos e Troianos?
Lembremos que somos nós mesmos que criamos a"cor e o grau" de nossas lentes e, a partir daí passamos a enxergar a realidade com a"tonalidade" ou com a "vista curta",ou melhor, com pouca, ou nenhuma lucidez para perceber e entender os fatos e acontecimentos que nos rodeiam.
Com isto cabe só a nós desenvolver a própria existência, vivenciando os acertos e desacertos que as experiências da vida nos oferecem como aprendizado, e determinar o que é melhor e correto para nossa.
O homem é um estranho ímpar como já dizia Drummont.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Maria Augusta, isto não me supreende. Já me vi tentando convencer um jovem de inteligência aparentemente mediana, de coisa pior: ele dizia que a Segunda Guerra não existira… E que, se tivesse acontecido não teria morrido tanta gente como fala a História.
Abraços.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Ana, se na época (1969 e anteriores) existissem os moderníssimos recursos gráficos de hoje, até compreenderia a dúvida ou incerteza dos que não acreditassem no sensacional feito do Homem. A “meninada” hoje chega a jogar futebol de campo com pessoas de outros países, escalando times, vendendo jogadores, tudo pelos games. Mas naquele época era difícil pôr em dúvida a escalada humana no espaço.
A Claudia agradece e manda um beijo também. Outro pra você. Um abraço pro Valter.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Lord, para muita gente era mesmo inacreditável. A mesma gente que acredita em novela e tenta agredir na rua um ator ou uma atriz por estes representarem bem papéis de vilão ou vilã…
Um grande abraço.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous DO said...

Eu até jé tentei entender as argumentações dos incrédulos,ADELINO. Mas é tudo tão "achismo",beirando até a ignorancia,que prefiro nem tentar convence-los.
Abração!!

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Sonia, o 20/06/2009 é uma data daquelas que ensejam a famosa pergunta: “Onde você se encontrava quando…”
Beijos.
A Claudia agradece e retribui.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Mário e Cris, o meu interlocutor até que acreditava na ida do Homem à Lua... Só não acreditava que os astronautas tinham descido para o interior do nosso satélite natural… O que seria demais… rs. Foi um típico caso de ponto-de-vista divergente…
Um abraço pra vocês.
TERÇA-FEIRA, JULHO 21, 2009

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Eduardo, acho que falei do jovem universitário que não acreditava na ocorrência da Segunda Grande Mundial. Dizia ser armação… Era um típico "do contra". Precisava de uma dose de "Sal de Fructa Eno"…
Abração.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Felizmente, Márcia, depois da minha desistência da tarefa de convencimento ele me esclareceu no que não acreditava…
Beijos.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Claro, Peri, aquela frase já estava pronta há muito tempo. Imagino o que não devem ter dito antes:
- Pô, meu. Que poeirada. E olha que sou alérgico…

Assim como aquela famosa foto posada dos soldados russos colocando a bandeira soviética nos escombros do Reichstag…

Vou dar uma olhada no link com as razões do mineiro.
Grande abraço.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Maria das Graças, claro que respeito o ponto de vista de quem não acredita na façanha dos astronautas americanos. Acho, entretanto que os maiores interessados em provar o contrário seriam os soviéticos, e pelo que sei estes jamais contestaram o fato. Acreditar ou não acreditar, eis a questão…
Um abraço.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Do, no meio de tantos documentos pode até existir fotomontagem, mas a descida do Homem na Lua é fato inconstestável. Não vi o programa Fantástico. Grato pela seu prestígio sempre.
Abraços.

quarta-feira, julho 22, 2009  
Blogger marilia said...

OLA AMIGO!
SABE, EU ESTAVA NUMA CIDADE CHAMADA SERRINHA, NO INTERIOR DA BAHIA, E ASSISTI TUDO EM UMA TELEVISÃO TODA COBERTA POR UM PLESTICO MULTICOLORIDO, E CHEIA DE CHUVISCOS, COLOCADA EM UM POSTE NO CENTRO DA PRAÇA!!! METADE DO POVO DIZIA SER MENTIRA, QUE ERA "TRUCO LADRÃO"...RSSS
EU,COMO BOA HIPONGA DA ÉPOCA, CURTIA DE MONTÃO, POIS JÁ HAVIA IDO ATÉ LÁ, OU MELHOR PRA LÁ DE LÁ!!!!!!
BJOS GRANDE E OBRIGADA PELA CARINHOSA VISITA!

sábado, julho 25, 2009  
Blogger Georgia said...

Adelino meu querido amigo, estou zangada contigo nao, imagina!

Estava de férias, viajando com a família.

Nao fui à lua ainda, mas fui ao sétimo céu, rs, isso é melhor ainda, nao?

Um grande abraco

quarta-feira, julho 29, 2009  
Blogger Aninha Pontes said...

Tudo bem meu amigo?
Deixando um beijo prá vocês.

sexta-feira, julho 31, 2009  
Anonymous DO said...

Adelino,estou convidando os amigos blogueiros para me ajudar na participação e divulgação de uma postagem coletiva no próximo dia 10 de agosto.

Os detalhes estão lá no meu blog.

Posso contar contigo??

Abraços!!

terça-feira, agosto 04, 2009  
Anonymous Adelino said...

Marilia, ótimo vê-la por estas paragens. Como vê, estou atrasadíssimo nas minhas postagens, mas as coisas estão chegando aos eixos e volto muito breve. Apenas muito trabalho. Minhas desculpas pelo atraso.
Eu é que devo lhe agradecer pela visita sempre honrosa.
Um abraço, com um ótimo final de semana.

sexta-feira, agosto 07, 2009  
Anonymous Adelino said...

Georgia, ultimamente atrasado, mas cá estou. Imaginei, pelos seus posts, que estavam mesmo em férias merecidas.
E concordo que ir à Lua é importante, mas claro que podemos ir ao sétimo céu mesmo estando com os pés neste planeta maravilhoso tão bem idealizada pelo Criador.
Um grande abraço, e um ótimo final de semana para vocês.

sexta-feira, agosto 07, 2009  
Anonymous Adelino said...

Tudo bem, Ana.
Um beijo pra vocês e um abraço pro Valter. Um ótimo final de semana, eu lhes desejo.

sexta-feira, agosto 07, 2009  
Anonymous Adelino said...

Do, já fui lá fazer a minha inscrição. Conte comigo.
Um abraço.

sexta-feira, agosto 07, 2009  
Blogger Dilberto L. Rosa said...

Muito bom! Sempre fui meio cético quanto à chegada à Lua pelos norte-americanos naquela época... Só naquela época, depois, ok! Mas, enfim, também brinquei com o tema num 'post' recente: em querendo, dê uma olhada, continua na página principal de meu 'blog'! Ótimo espaço de reminiscências, parabéns!

sexta-feira, agosto 07, 2009  
Blogger Aninha Pontes said...

Meu amigo Adelino.
Mesmo antecipado vim desejar à você um lindo domingo dos pais.
Que você tenha um dia cheiinho de amor e carinho.
Um beijo para o papai especial.

sexta-feira, agosto 07, 2009  
Blogger Cybele Meyer said...

Olá, Adelino

Venho lhe convidar para participar da Blogagem Coletiva “Consumo Consciente”. Não podemos ficar inertes diante de tanta agressão ao nosso Planeta. Precisamos mudar os maus hábitos e propiciar um Planeta melhor para nossos filhos.
Aguardo a sua participação.
Link http://migre.me/4QqU
Abraços

sexta-feira, agosto 07, 2009  
Anonymous Adelino said...

Dilberto, muito grato por ter gostado do meu espaço sobre reminiscências. Vou também fazer uma visita ao seu blog. O tema é muito interessante.
Obrigado pelo seu interesse.
Um abraço. Feliz final de semana.

sábado, setembro 05, 2009  
Anonymous Adelino said...

Ana, que vexame... Um mês depois eu aqui agradecendo o lindo domingo que me deseja pelo dia dos pais. Mas tudo bem, afinal dia dos pais são todos os dias, não é?
Um beijo pra você e um abração pro Valter.

sábado, setembro 05, 2009  
Anonymous Adelino said...

Cybele, desta vez não deu, mas fica para a próxima. Conte comigo.
Abraços.

sábado, setembro 05, 2009  
Blogger Roberta said...

Caro Adelino..sou amiga da Denise do blog quietaemmeucanto e acabo de reler uma cronica q ela fez sobre a saudade faz um tempao!!!!.La' os"saudosistas" como eu e vc falamos muito sobre as diversas saudades..
Como vc comentou q tinha saudade dos filhos pequenos eu falei sobre o texto "antes que eles cresçam" do afonso romano e vc ficou curioso e disse q iria ler..
Afinal,leste?
bj roberta

quarta-feira, março 02, 2011  
Blogger Adelino P. Silva said...

Roberta, a Denise escreve textos maravilhoso, agradáveis de se ler, ótimos mesmo. Li sim o texto do Afonso Romano "Antes que eles cresçam". Muito bonito.
Minhas desculpas, pois somente dois anos depois, revendo o meu blog, vi seu comentário.
Um abraço

segunda-feira, abril 22, 2013  

Postar um comentário

<< Home