22 abril 2009

MOVIMENTO NATUREZA

--------------------------------------------------------------------
Em época de “enfrentar o Leão”, não nos foi possível participar como queríamos do Movimento Natureza, coordenado pela nossa amiga Georgia, do SAIA JUSTA. Mesmo assim, tentaremos:

Numa ensolarada manhã de domingo eu caminhava pelos arredores do MAM, Rio. Para comprar uma revista fui até o Aeroporto Santos Dumont, a uns 200 metros de distância. Na pracinha em frente, além de um monumento em homenagem ao Pai da Aviação, existia uma árvore de galhos finos e retorcidos que chamava a atenção dos passantes pelas bonitas flores que produzia. Apanhei no chão algumas minúsculas sementes que dela tinham caído naturalmente e as levei para casa.

Plantadas inicialmente num copo descartável preenchido com terra, uma delas germinou, cresceu, e se transformou numa arvorezinha meio desengonçada, deselegante. Deselegante, porém ainda hoje nos causa orgulho enfeitando a nossa calçada com suas flores vermelhas que faz a festa dos beija-flores que as rodeiam alegremente. Não conheço seu nome, sei apenas que foi uma das muitas plantas selecionadas pelo grande paisagista Burle Marx, quando do projeto de construção do Parque do Flamengo, Rio. Definitivamente o Brasil é o país que “em se plantando tudo dá”... Participe do MOVIMENTO NATUREZA.
--------------------------------------------------------------------
(Foto de Adelino P. Silva)

42 Comments:

Anonymous DO said...

Sampa precisa de muitas arvores assim,Adelino. Pra compensar o cinza da cidade.

Otimo resto e semana a vc.

quarta-feira, abril 22, 2009  
Blogger €ster said...

Oi Adelino,

Claro que está valendo sua postagem!

O importante, e o que acho até o que vai além da ação, é ter uma consciência plena da responsabilidade pessoal com o meio ambiente,

além do mais, aí está tua plantinha!

parabéns pela participação!


bjs,

quarta-feira, abril 22, 2009  
Blogger marie said...

Adelino
Dá prazer mesmo ver as plantinhas ou árvores desenvolvendo...
Beijo
Marie

quarta-feira, abril 22, 2009  
Blogger Eduardo P.L said...

Adelino, por conta do LEÃO e três netos...se vc não me cobra, passava batido! Mas já fiz minha parte, para, como disse, não deixar a peteca cair!

Forte abraço e obrigado pelo aviso!

quarta-feira, abril 22, 2009  
Blogger Chica said...

inda tua participação e essa flor que tb. não sei o nome, é linda mesmo. E Me deu saudades do Flamengo, bairro que morei, na Dois de Dezembro, a rua do Castelinho...Um abraço, tudo de bom,chica

quarta-feira, abril 22, 2009  
Blogger Georgia said...

Adelino, sua sugestao lá na Saia é perfeita. Aliás já fiz uma blogagem com o Dacio que durou a semana toda, mas confesso que deu muito trabalho correr atrás de quem nao avisou que postou a semana toda para ler o texto, pois as pessoas cobram que cobram, rs, se a gente nao lê.

Mas é claro que tá valendo.

Linda a flor vermelha. Eu tb nao a conheco.

O fato desse Projeto é que seria mesmo um Movimento em colocar a mao na terra. Nao queria um texto mirabolante como acontece nas blogagens. Algumas pessoas impossibiltadas por algum acidente ou chuva, plantaram em vasos.

Eu mesma, plantei em vasos porque a terra por aqui ainda está congelada.

Muito obrigada pelo carinho, respeito e atencao.

Um abraco grande e boa quinta

quinta-feira, abril 23, 2009  
OpenID luzdeluma said...

Que flor exótica, diferente!! Eu queria plantar na minha calçada e não consegui aval da prefeitura. Minhas plantinhas ainda estão em vasos e nas férias planto em lugar adequado.
Adelino, a natureza sempre nos oferece benefícios, porém ao contrário do que se pensava anteriormente, ela é esgotável. Assim, não acredito mais que no Brasil tudo que se planta, se colhe. A natureza se modifica lentamente e não percebemos, somente quando ela reclama. Beijus

quinta-feira, abril 23, 2009  
Blogger Maria Augusta said...

Nossa, que alegria que é ver a plantinha crescendo e se transformando numa Nossa, que alegria que é ver a plantinha crescendo e se transformando numa arvore que rvore que da sombra e flores.
Muito lindo teu relato!
Um grande abraço.

quinta-feira, abril 23, 2009  
Blogger Sonhos & melodias said...

Oi Adelino,
Que linda flor deu essa semente não? O que importa são nossos pequenos atos do dia-a-dia. Valeu sua postagem amigo.
Abraço,
Roseli

quinta-feira, abril 23, 2009  
Blogger Bete said...

Ola querido amigo.
Passei pra uma visita e saber de você.
Lindas flores.
Bjs

quinta-feira, abril 23, 2009  
Blogger Aninha Pontes said...

Adelino, sabemos que a natureza sempre nos responde com belas flores e frutos, quando nos dispomos a cuidar delas.
Muito bonita sua flor, embora eu também não a conheça.
Mas valeu por nos mostrar.
Um beijo

quinta-feira, abril 23, 2009  
Anonymous peri s.c. said...

Adelino
Que bom que você citou o Roberto Burle Marx, um dos gênios desse país.
abraço

domingo, abril 26, 2009  
Anonymous Mario said...

Uma ótima participação, Adelino. Gostei muito.

segunda-feira, abril 27, 2009  
Anonymous Cristiane said...

Adelino,

Minha mãe gosta muito de flores,árvores,eu também gosto, apesar de não saber lidar com elas.

Uma bela participação a sua.
E obrigada de coração por ter ido la no novo blog, obrigada.
Gosto muito de você caro amigo.,

Uma semana iluminada, Cris

segunda-feira, abril 27, 2009  
Anonymous Maria das Graças said...

Sentir que umas sementes poderiam nascer flores, requer de sentimentos puros e raros hoje em dia;pois você pôde contemplar a bela florada!
Somos viajantes nesta terra tão linda, e deslumbrados apercebe-se de que a vida é maravilhosa ante o esplendor do Universo!
Parabéns.
Maria das Graças.

segunda-feira, abril 27, 2009  
Anonymous Adelino said...

Do, mais uma vez eu aqui pedindo desculpas pelo atraso na atenção que costumo dar aos comentários. Ficar de fora do Movimento Natureza, impossível, ainda que com uma participação simples com esta.
Um abraço.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Valeu, Ester, pelo incentivo. Felizmente estamos observando que a responsabilidade pessoal em defesa da Natureza que você mencionou está cada vez mais acentuada entre os nossos jovens e também as crianças.
Beijos.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

É verdade, Marie. Desde criança eu gostava de plantar sementes que encontrava pelo caminho e esperar pelo resultado… Muitas vezes não acontecia nada, mas pelo menos tentávamos.
Beijo. Obrigado.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

É, Eduardo, se matamos um leão por dia, temos de amansar um Leão todo ano… O negócio é não deixar a peteca cair… Salvo pelo gongo…
Grande abraço.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Chica, obrigado pela sua presença por aqui. Uma pena que ao pé das árvores não tenha uma plaquinha com nome popular e científico. Acho até que no início tinha isso, mas sabe como é. Por falar no Castelinho ele ainda está lá, salvo engano, ocupado.
Tudo de bom pra você também. Abraços.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Pois então, Georgia, as blogagens coletivas deveriam, no meu entendimento, vigorar por uns dois ou três dias. Muitas vezes nos esquecemos e acabamos deixando de visitar todos os participantes ou até mesmo não postando.
Eu vou procurar saber o nome da flor, ou melhor, da árvore “plantada”, “escolhida” por Burle Marx e informarei numa próxima oportunidade.
Um abraço para você.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Luma, aqui no Rio, segundo ouvi, o governo municipal (pelo menos o que precedeu ao atual) tem ou tinha a intenção de derrubar as amendoeiras que produziam muitas folhas e têm as raizes muito profundas e fortes. Uma boa medida foi o plantio dos chamados “flamboyantzinhos”, uma espécie de “Flamboyant pequeno” que cresce e floresce com bastante facilidade. Espero que continuem.
Beijos.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Foi uma experiência muito boa, Maria Augusta. Plantar uma árvore, um arbusto que seja, e vê-los crescerem, proporciona-nos uma satisfação muito grande. Sentimo-nos responsáveis por elas.
Um grande abraço. Feliz semana.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Roseli, é um dos grandes milagres da Natureza, o que nos faz acreditar na existência do Criador Supremo do Universo que chamamos Deus. Não sei se já viu o tamanho de uma semente de eucalipto; talvez corresponda a 1/6 de um grão de arroz, no entanto produz uma árvore gigantesca e maravilhosa. Eu cheguei a plantar algumas sementes que consegui no estande da Australia, por ocasião da ECO-92, no Rio. Chegou a cerca de 20 metros de altura. Infelizmente foi cortada porque uma vizinha tinha medo de que ela caísse sobre o quintal dela…
Um abraço. Gostei muito do seu blog e de sua participação no Movimento Natureza.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Bete, o tempo tem sido pouco, mas logo retorno com uma “produção” melhor. Grande abraço. Beijos.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Ana, eu tenho um livro sobre plantas, sobre árvores ornamentais etc. Vou consultá-lo, coisa que já fiz há algum tempo, mas perdi as anotações… Depois conto.
Um beijo para você. Um abraço pro Valter.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Peri, e veja que nem ele, Burle Marx, foi homenageado com o seu nome pelo menos num pedaço do Parque do Flamengo. E olha que ali tem ou já teve vários nomes oficiais. Coisas nossas.
Um grande abraço.
PS - Ando meio ausente, amansando "meu leão"...

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Mário, não sei se a sensação de que o tempo está passando mais rápido do que o normal é só minha ou é geral, mas é o que sinto. Quando nos damos conta as datas estão aí chegando e fazemos o melhor possível dentro das circunstâncias. De qualquer forma, grato pelo incentivo.
Um grande abraço.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Você nada tem a agradecer, Cristiane. Estive na nova fase do Fragmentos e gostei demais.
Plantar árvores, mesmo que sejam amendoeiras, que são de fácil cultivo, aliás nem precisam de cultivo, é uma satisfação. Eu também não sei lidar com árvores ou flores, planto-as quando posso e espero… O mais fascinante, entretanto, é ver uma árvore bonita, dela mesmo pegarmos uma semente, plantá-la e depois, muitas vezes até nos esquecendo, um dia vê-la surgindo do solo bonita e imponente tremulando ao sabor do vento e dos pingos de chuva.
Um grande abraço, Cristiane.

terça-feira, abril 28, 2009  
Anonymous Adelino said...

Maria das Graças, pela suas palavras vejo que será um prazer ter você como leitora. O mais emocionante é quando vemos uma árvore esplendorosa, florida, colhemos uma semente, plantamos e tempos depois a Natureza nos oferece em troca um belo exemplar daquela que tanto admiramos. Fiz isso inúmeras vezes.
Um abraço. Obrigado pela presença, e compareça sempre.

terça-feira, abril 28, 2009  
Blogger Movimento Natureza said...

Oi, Adelino!
Agradeço sua participação na blogagem do Movimento Natureza.
Seu post foi publicado lá no Blog Movimento Natureza.
abs carioca

terça-feira, abril 28, 2009  
Blogger Aninha Pontes said...

Meu amigo, deixei um presentinho lá prá você.
Fique à vontade para aceitar ou não.
Um beijo e ótimo final de semana.

quinta-feira, abril 30, 2009  
Blogger Bete said...

Estou sentido sua falta . Por onde andas?
Bjs e uma otima semana

segunda-feira, maio 11, 2009  
Blogger sonia a. mascaro said...

Olá meu amigo Adelino,
Tudo bem?
Depois de convidar você para tomar um cafezinho lá em "casa", resolvi dar um tempo no blog Leituras. Estou sem tempo para pesquisar, fotografar, postar... Mas vamos manter o contato.
Um grande abraço!

quarta-feira, maio 13, 2009  
Blogger Georgia said...

Adelino meu amigo, passando para saber se está tudo bem com você.

Um grande abraco

quinta-feira, maio 14, 2009  
Blogger Georgia said...

Estamos indo passar 10 anos numa ilha deserta, explico tudo no blog...

Abracos

sexta-feira, maio 15, 2009  
Anonymous Adelino said...

O Movimento Natureza é uma dos melhores eventos dessa nossa chamada blogosfera.
Abraços. Feliz final de semana. Apesar de muito atrasado em meu comentário...

sexta-feira, maio 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Ana, mil desculpas, mas as coisas andaram meio apressadas por aqui, e não dizer que não aceitei, mas me senti honrado pelo presente.
Um beijo. Um abraço pro Valter. Ótima semana.

sexta-feira, maio 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Bete, estou aqui. Ainda bem que sente a nossa falta. É amiga mesmo. Estive atarefado, ou melhor, ainda estou, por isso um pouco de ausência do blog.
Beijos. Ótima semana.
PS – Você sabe que não consigo deixar um comentário aqui no meu bloguinho sem um “alô” que seja a quem nos lê? Um “alô” bastante atrasado, mas está lá... É um vício. E bom.

sexta-feira, maio 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Sonia, acontece isso sim. De repente aparecem coisas que nos tomam mais tempo do que o esperado. E fica aquela vontade de postar alguma coisa, mas cadê tempo e por que não dizer, inspiração? Mas já sei que o seu blog Leituras não saiu do ar, felizmente.
Um grande abraço.

sexta-feira, maio 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Georgia, tudo bem. Não sei se conhece a expressão mais ou menos brasileira que diz “matar um leão por dia”. Aqui mata-se um “Leão’ por ano, mas ele volta sempre...
Um grande abraço.

sexta-feira, maio 22, 2009  
Anonymous Adelino said...

Então, Georgia, vou lá ver...
Abraços.

sexta-feira, maio 22, 2009  

Postar um comentário

<< Home