10 maio 2007

TEATRO MUNICIPAL DO RIO

----------------------------------------------------------------------------------
O Jornal do Commércio, de 15 de julho de 1909, assim descreveu a inauguração do Teatro Municipal do Rio de Janeiro:

“Inaugurou-se ontem o suntuoso monumento com que a prodigalidade municipal dotou a cidade. O edifício colossal e soberbo parecia uma imensa mole de granito, mármore, ouro, bronze e vidros, resplandecendo à luz branca que jorrava do seu bôjo numa fulguração que deslumbrava.”

“A multidão olhava para o teatro como tomada de assombro ante aquela grandeza, fruto de uma megalomania e abria alas para os que lá dentro iam assistir ao espetáculo de inauguração. (...)”

“Carros e automóveis, numa fila interminável, chegavam apressados, desde oito horas da noite, e despejavam na rua Treze de Maio e Avenida Central homens encasacados e enluvados e senhoras que escondiam sob vistosas capas e amplas mantas o luxo das toilettes, a riqueza das jóias, as núvens de rendas, as ondas de perfume."
----------------------------------------------------------------------------------
(Foto n/d de Adelino P. Silva)
----------------------------------------------------------------------------------

5 Comments:

Blogger Adelino P. Silva said...

Valter, eu não sei se a foto do teatro bem como a transcrição do Jornal do Commércio foram pretextos, mas se olhar do lado esquerdo na foto, verá uma belíssima Parati... Promessa cumprida...
A foto tem uns seis anos mais ou menos. E como poderá notar pelo deserto em torno da área ela foi clicada num domingo de manhã.
Grande abraço

quinta-feira, maio 10, 2007  
Blogger O Meu Jeito de Ser said...

É uma maravilhosa construção!
Tanto quanto a de S Paulo, é uma construção imponente. Nos faz pequenos admiradores de tão bela arte.
A parati está lindona alí. Ampliamos a foto e pudemos vê-la bem.
Um abraço

sexta-feira, maio 11, 2007  
Blogger valter ferraz said...

Adelino, nosw presenteou logo com dois monumentos: o Teatro Municipal e a Paratí.
Missão cumprida e com louvor.
Falar a verdade, acho que a parati deixou a foto mais bonita e "atual"
Um abraço forte

ps: o carro é igualzinho a um que tivemos e ficou guardado na memória!

sexta-feira, maio 11, 2007  
Anonymous Adelino said...

É uma maravilhosa construção!
Tanto quanto a de S Paulo, é uma construção imponente. Nos faz pequenos admiradores de tão bela arte.
A parati está lindona alí. Ampliamos a foto e pudemos vê-la bem.
Um abraço

Anna, achei interessante quando li sobre o sistema de refrigeração do Teatro Municipal - naquela época - durante os dias/noites de calor. Blocos enormes de gelo instalados em frente a imensos ventiladores proporcionavam uma temperatura muito agradável aos espectadores.
Quem entende da matéria é o Valter. Mas é bom ficar bem claro que eu não peguei aquele tempo não, veja lá... Apenas li sobre isso...
O Teatro Municipal de São Paulo é lindo também. E o de Manaus? E Belém, com o Teatro da Paz, da fase áurea da borracha. Obrigado pelos elogios à Parati.
Abraços

sexta-feira, maio 11, 2007  
Anonymous Adelino said...

Valter, você já imaginou aquela turma chegando dee charrette para a inauguração do Teatro e dar de cara com aquele estranho veículo "moderníssimo" parado ali? Na certa pensariam que era algo de outro planeta.
Ok, missão cumprida e completa.
Abraços

PS - Valter, peça desculpas a Anna, porque tenho a mania de "colar" a mensagem na caixa de comentários, mas no caso, esqueci de apagar depois.

sexta-feira, maio 11, 2007  

Postar um comentário

<< Home