21 maio 2007

ROMÁRIO É 1.000 EM TODOS OS SENTIDOS

----------------------------------------------------------------------------------
Aos 2 minutos do segundo tempo do jogo de hoje, 20/05/2007, Romário realizou o seu grande sonho de atingir a marca de 1.000 gols marcados em sua brilhante trajetória como jogador de diversos clubes. O cenário não poderia ser outro: Estádio de São Januário, na Colina Histórica. Se uma imagem vale por mil palavras, a do post de hoje, que foi publicada em quase todos os jornais há algumas semanas, trouxe para o Romário a conquista de outros milhões de admiradores em todo o mundo, até mesmo daqueles que por não o conhecerem não gostavam dele como pessoa. Parabéns, Romário. Você tem o direito de ser "marrento". E digam o que disserem, afinal, segundo ele, "quem tem boca fala o que quer". E parabéns ao Clube de Regatas Vasco da Gama por ter lhe proporcionado todas as condições de realizar o seu sonho.
----------------------------------------------------------------------------------
Adelino P. Silva
----------------------------------------------------------------------------------

12 Comments:

Blogger Eduardo P.L. said...

Adelino, parabéns .

segunda-feira, maio 21, 2007  
Blogger valter ferraz said...

Adelino, vc estava esperando o Romário fazer o gol para voltar à postar?
Ainda bem que ele fez, então.
Abraço

segunda-feira, maio 21, 2007  
Blogger O Meu Jeito de Ser said...

Parabéns prá você e todos os torcedores, que estavam à espera desse gol.
Embora prá mim, não muda nada. Taí um assunto que me calo, para não dizer besteiras. Gosto de falar sobre assuntos que sei o que estou falando.
Uma boa semana.
Um abraço

segunda-feira, maio 21, 2007  
Anonymous Márcia(clarinha) said...

VIVA!VIVA!VIVA!
linda semana, querido
beijosssssssssss

segunda-feira, maio 21, 2007  
Blogger Lord Broken Pottery said...

Adelino,
Embora não goste dele, reconheço o grande jogador que é. Poucos têm (ou tiveram) tanta intimidade com o grito de gol! Em época de futebol em baixa, com ausência de craques, poderá jogar até os cinqüenta, fazendo seus golzinhos.
O palco, São Januário, foi um grande cenário. Pouca gente sabe quantas coisas importantes foram feitas lá. A começar por sua construção: épica e em tempo recorde.
Grande abraço

segunda-feira, maio 21, 2007  
Anonymous Adelino said...

Valeu, Eduardo, o Romário mereceu pelas alegrias que proporcionou às torcidas dos times pelos quais jogou.
Muito obrigado.

segunda-feira, maio 21, 2007  
Anonymous Adelino said...

Então, VALTER, aquele post já estava pronto há mais de um mês. Foi ele fazer o gol, eu acertei tempo, data e local e mandei ver...
Grande abraço.

segunda-feira, maio 21, 2007  
Anonymous Adelino said...

Anna, entendo a sua posição, mas de qualquer forma, não pelo milésimo gol em si, mas pela forma como ele se aproveitou do fato para divulgar o problema das crianças excepcionais carentes, por isso, repito, o Romário merece nossa admiração e respeito.
Abraços

segunda-feira, maio 21, 2007  
Anonymous Adelino said...

Linda semana pra você também, Márcia.
E VIVA ROMÁRIO!!!
Beijos

segunda-feira, maio 21, 2007  
Anonymous Adelino said...

Você disse muito bem, Lord Broken. Pouca gente sabe da história de São Januário. Pouca gente sabe que o Vasca da Gama foi o primeiro e único clube brasileiro a ter negros em seu time de futebol(*), e que por isso foi discriminado pelos demais grandes do futebol carioca. Não o deixaram disputar o Campeonato Carioca, coisa que fez pela primeira vez em 1923. Pouca gente sabe que ao se esgotarem todos pretextos para impedir o Vasco da Gama de ingressar na Liga Carioca (ou algo assim) inventaram a desculpa de que o clube não tinha estádio. E o Vasco construiu São Januário, que só deixou de ser o maior do país quando inuguraram o Pacaembu, que era Municipal. Mas na qualidade de estádio de propriedade privada São Januário reinou soberano até o aparecimento do Morunbi, Mineirão e outros.
Bem,Lord, eu não ia escrever sobre este assunto mas foi bom você ter falado nele.

Quanto ao Romário, tudo bem, todos têm o direito de gostar ou não dele, mas como eu disse no blog, que quiser continuar não gostando, que não veja suas entrevistas, porque acabará sendo fan do Baixinho. Grande figura.
Abração, Lord, e obrigado pela sua presença.
Adelino

(*) O Globo - para variar - já tentou tirar essa honraria do Vasco da Gama atribuindo-a ao Bangu, mas acho que não conseguiram provar nada.

segunda-feira, maio 21, 2007  
Anonymous Meire said...

Adelino, bela homenagem. Afinal os unicos 2 jogadores com esta marca è nosso.
orgulho verde-amarelo!

quarta-feira, maio 23, 2007  
Blogger Fernando said...

Oi, Adelino,
apesar de não gostar do Roma, torci pelo gol 1000.
Esclarecendo, não gosto dele como elemento de time, acho que ele, superior em inteligência a enorme maioria do mundo do futebol, tudo incluso, usa uma maneira de ser, digamos, que acaba sendo desagregadora. Fora do campo, dos clubes, como gente, DEZ!!!
abração
fernando cals

sábado, junho 02, 2007  

Postar um comentário

<< Home