12 março 2008

VOCÊ ACREDITA?


----------------------------------------------------------------------------------
Uma vez, ainda criança, fui correndo até o único jornaleiro da cidade adquirir uma edição extra da revista O CRUZEIRO. Ela trazia num encarte central de cor azulada as incríveis fotos de discos-voadores sobrevoando a Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro, em belíssima reportagem de Ed Kefell e João Martins. Jamais conseguiram provas de que eram um truque fotográfico. As fotos, examinadas e analisadas pelos mais modernos laboratórios especializados em perícia, no Exterior, foram consideradas autênticas, mas as dúvidas persistem.

A nave do post de hoje, filmada no México, não me parece verdadeira. Está certinha demais... E além disso, depois que o nosso querido Oscar Niemeyer sobrevoou o Rio de Janeiro pousando suavemente em Niterói a bordo de uma nave extra-terreste, tudo é possível em matéria de trucagens digitais...

E você? Acredita que os OVNI sejam oriundos de outros sistemas planetários ou é mesmo coisa nossa?

----------------------------------------------------------------------------------
Fonte: YouTube (silent)
----------------------------------------------------------------------------------

36 Comments:

Blogger Eduardo P.L. said...

Adelino,

lembro desse número do O CRUZEIRO.
Quando menino escrevi um opusculo sobre DISCOS VOADORES!
Hoje sou obrigado a te confessar que não acredito. Este do México, é ridiculamente montado. Os outros mal montados, falsos de "melhor qualidade".
É como os SANTOS, que só aparecem para alguns eleitos...

PS- Gostei de ver sua FOTO no PERFIL. Cuidado que vc pode vir a ser uma VÍTIMA DA QUINTA!

C:-)

Forte abraço

quarta-feira, março 12, 2008  
Blogger Lord Broken Pottery said...

Adelino,
Embora sem ser fanático pelo tema, não me considero um ufólogo, acredito na possibilidade dos discos voadores como uma coisa lógica. Não me parece que vida apenas na Terra seja justificável.
É sempre bom ler o que você escreve.
Grande abraço

quarta-feira, março 12, 2008  
Blogger Lord Broken Pottery said...

Adelino,
Embora sem ser fanático pelo tema, não me considero um ufólogo, acredito na possibilidade dos discos voadores como uma coisa lógica. Não me parece que vida apenas na Terra seja justificável.
É sempre bom ler o que você escreve.
Grande abraço

quarta-feira, março 12, 2008  
Anonymous Adelino said...

Eduardo, em minhas andanças pelos sebos do Rio, jamais encontrei o tal exemplar do Cruzeiro, o que significa que venderam muito, e quem comprou guardou-o a sete chaves... Quando se trata de encarte especial, geralmente o leitor o retira e se desfaz da revista, mas eu não me lembro de como era a capa.
Quantos aos OVNI´s, a primeira vez que vi alguma coisa a respeito foi em 1947 no jornal Estado de São Paulo. Crianças que éramos, imaginações férteis, foi a notícia mais sensacional na ocasião.
Eu acredito na existência deles, tenho relatos de familiares dignos de confiança, pero...
Ah, sim, e me explique o que é isto de VÍTIMA DA QUINTA. Não entendi. Vou tirar a foto de lá...
Grande abraço

quarta-feira, março 12, 2008  
Anonymous Adelino said...

Lord Broken, eu também acredito na existência de vida em outros planetas. Parece até uma coisa muito óbvia. A dúvida que tenho é se os habitantes de lá nos visitam. Talvez sim.
Como disse ao Eduardo, tenho parentes absolutamente lúcidos e de confiança, e que já tiveram experiência com OVNI´s.
Um abraço, e muito obrigado, Lord.

quarta-feira, março 12, 2008  
Blogger Luci Lacey said...

Adelino

Acredito sim, mas como existe muitas montagens, fico em duvida, mas claro que deve existir outras vidas.

Beijinhos

quarta-feira, março 12, 2008  
Anonymous Meire said...

Adelino eu acredito, mas sei tb q muito do q mostram sao montagens.

quinta-feira, março 13, 2008  
Anonymous Adelino said...

Luci, eu acho que a possibilidade de flagarmos um OVNI no céu, seja de dia ou à noite, é mínima. Quase menor do que a de acertarmos cinco dezenas de uma Quina. Teríamos de ficar olhando para o céu a maior parte das 24 horas do dia. E quem faz isso? Humanamente impossível.
As montagens hoje em dia são facílimas de fazer. Qualquer hora publico uma que fiz, para apreciação do nosso caro amigo EDUARDO... rsrs
Beijos, Luci, e boa quinta-feira.

quinta-feira, março 13, 2008  
Anonymous Adelino said...

Meire, são montagens, a maioria, mas tem outras que não têm explicação, não é?
Beijos. Obrigado

quinta-feira, março 13, 2008  
Blogger Sonia said...

Olá Adelino!
Eu não me lembro dessa reportagem de O Cruzeiro... e quanto ao vídeo, acho que é uma bonita montagem.

Quanto a acreditar em discos voadores, eu acredito! Quantas galaxias, quanto mistério no espaço... Meu pai junto com um amigo, viram (década de 50) um disco voador, perto de Itu. Ele contou em casa mas não contou para mais ninguém, pois as pessoas não acreditavam! No dia seguinte, meu pai leu no Estadão que um objeto não identificado havia sido visto na região de Itu e Porto Feliz...
Este assunto é intrigante e provocador, mas gera também muitas fotos fabricadas e muitas histórias fantásticas. Gostei do post!

quinta-feira, março 13, 2008  
Anonymous Taty said...

Eu queria acreditar, mas não consigo nem um pouquinho. Acho q é pelo fato de ter muita montagem espalhada por aí.
Bjs!!

quinta-feira, março 13, 2008  
OpenID universodesconexo said...

Essa realmente foi otima Adelino. A gente ate fica na duvida ne ?

Agora vou deixar minha opiniao como astronoma: Temos muitos telescopios operando dia e noite e apontados para o ceu o tempo todo e ate o momento nao foram detectadas nenhum tipo de comunicacao extraterrestre infelizmente. Seria uma delicia descobrir que de fato nao estamos sozinhos no universo e uma descoberta dessa ganharia o premio nobel certamente e nao haveria nenhum motivo para esconder da populacao.

Eu realmente acho que se a Terra for o unico planeta habitado seria um privilegio inexplicavel. Acredito sim que assim como a Terra existem outros planetas orbitando ao redor de alguma outra estrela. E que esse planeta a vida esta presente. Mas infelizmente estamos muito longe uns dos outros para nos entendermos presentes com a tecnologia atual.

Tem um projeto chamado Darwin que eh composto por varios telescopios espaciais que sera lancado em 2010 e cujo objetivo principal eh buscar vida em sistemas planetarios mais distantes. Vamos ver o que vai dar ne ? Quem sabe nao descobrimos um outro planeta parecido com a Terra nessa imensidao do universo ?

Escrevi uma vez um post sobre isso em meu blog sob o titulo Estamos sos no Universo. Se quiser ler fique a vontade:
http://universodesconexo.wordpress.com/2006/11/19/estamos-sos-no-universo/

e nao deixe de me deixar um comentario !
beijocas
Lys

sexta-feira, março 14, 2008  
Blogger Aninha Pontes said...

Adelino, sei lá.
Eu sempre sei o que dizer né?
Mas nesse caso, tenho dúvidas, as vezes acredito, outras não.
Agora, isso aí, acho que é montagem mesmo.
Um beijo

sexta-feira, março 14, 2008  
Anonymous peri s.c. said...

Adelino
Yo no creo en OVNIs, pero que los hay, los hay.
Seria muita pretensão tanto universo só para nós.


Esse filminho aí parece convenção de discos voadores. Suspeitíssimo. E ainda por cima mexicano, só faltavam aparecer uns ETs mariachis bigodudos e de sombrero.

abraço

sexta-feira, março 14, 2008  
Anonymous Maria Augusta said...

Adelino, acredito que exista formas de vida com nosso tipo de inteligência ou não, em outros planetas, porque razão seríamos sós no universo? Pode ser também que haja outras dimensões que não podemos detectar pois somos limitados pelos nossos cinco sentidos. Daí a estabelecer uma comunicação, já é uma outra história...Abraço.

sexta-feira, março 14, 2008  
Anonymous Adelino said...

Sonia, muitas pessoas vêem coisas estranhas no céu e até na Terra, mas não relatam porque têm medo de não serem levadas a sério. Eu tenho uma prima que teve uma experiência curiosa. Ela tinha 12 anos e morava na fazenda do pai. Quando voltava para casa, um objeto estranho saiu debaixo de uma árvore (gameleira) e voou em sua direção, ela se atirou na grama, o objeto totalmente iluminado passou a uma altura de uns 15m acima dela, e sumiu rapidamente. Contou para o pai, mas este, procurando tranquilizá-la, claro, disse que era alguma bicicleta... (Quem sabe, lembra-se do filme em que o menino passa por cima dos carros numa bicicleta? Isto aconteceu em 1950 mais ou menos, e o uso de helicópteros não era tão comum como é hoje.
Sonia, o caso dos supostos discos na Pedra da Gávea, se não me engano, aconteceu em 1952, sendo citado no livro "Cobras Criadas", aquele da biografia de David Nasser.
Sonia, um abraço, bom final de semana, e até mais.
A Claudia, como já disse, continua sua leitora fiel e manda um abraço...

sábado, março 15, 2008  
Anonymous Adelino said...

Taty, é interessante. Em tempos passados era mais fácil acreditar nessas aparições. Hoje, com o extraordinário avanço da tecnologia em todos os setores, fica mais fácil a gente duvidar. Tenho visto inventos super-estranhos no Discovery Channel, experiências com aeronaves de formatos os mais diversos, e até mesmo parecido com o tal do post que tirei do YouTube. Sinceramente, eu até torço para que sejam mesmo de outros planetas.
Beijos, e obrigado pelo seu comentário.

sábado, março 15, 2008  
Anonymous Adelino said...

Lys, que coincidência. Eu ia justamente perguntar qual a idéia que vocês astrônomos profissionais têm dos tais OVNI´s...
Eu tenho uma teoria sobre o Universo, coisa minha, pode ser bobagem. Vamos ver: quem sabe, Lys, a nossa Terra não seja apenas parte, partícula, molécula de um imenso corpo (e existiriam trilhões de outros)? E que apenas fazemos parte de um minúsculo órgão qualquer desse Corpo? E quem sabe ainda, não sejamos nós, somente bacilos, virus, bactérias que atacam esse Corpo, e como tal nascemos e vivemos? E morremos e desaparecemos em virtude de um "antibiótico" qualquer aplicado nele para curá-lo de uma enfermidade qualquer? Já imaginou?
E uma bactéria, não seria ela uma "Terra" também? Habitada etc.

Às vezes fico pensando nessas hipóteses. Mais uma: se fosse possível tirar da Terra toda a água do mares e oceanos, o que restaria? Apenas montanhas. As belíssimas ilhas não passariam de picos de montanhas altíssimas... E teríamos coragem de olhar para baixo quando estivéssemos numa linda praia? Duvido... E pensar que nossos antípodas estão de cabeça para baixo em relação a nós? São temas para reflexões...
Lys, e a imensidão das distâncias cósmicas? Medidas em anos-luz? Imaginar que quando você vê uma estrela no céu ela pode nem existir mais, e certamente nem exista? Então, a saída é acreditar no Criador, talvez não na forma como nos é apresentado, mas acreditar, e pronto. Se não, é melhor nem pensar muito.

Gostei quando disse que a existência de apenas uma Terra habitada é um privilégio inexplicável. É mesmo.

Lys, Falei demais. Vou parar.
Gostei demais do seu comentário.
Espero contar com a sua presença sempre por aqui.
Beijos, e ótimo final de semana para você e esposo.

sábado, março 15, 2008  
Anonymous Adelino said...

Ana, é assim mesmo. Tem momentos em que acreditamos, em outros não. Eu penso como a Lys, não é concebível que apenas a nossa Terra seja habitada. Seria um privilégio inexplicável. Por isso eu mais creio do que descreio.
Um beijo, e ótimo final de semana.

sábado, março 15, 2008  
Anonymous Adelino said...

É mesmo, Peri. Uma montagem muito boa. Só faltava, com todo respeito, a figura do saudoso Pedro Armendariz ou José Mojica acenando lá de cima.
Pero, como habló usted, que los hay los hay.
Grande abraço, e bom fim de semana.

PS - Peri, e se o OVNI fosse paraguaio? Acreditaria? Aposto que nem vendo os Etzinho lá dentro falando uma língua esquisita...
Com todo respeito a nuestros hermanos.

sábado, março 15, 2008  
Anonymous Adelino said...

Maria Augusta, o Homem também acha que Marte não seja habitado. Mas, quem poderia afirmar que os nossas sondas, naves etc não desceram em lugares inóspitos de lá?
Já imaginou uma nave extra-terrestre descer num deserto, ou numa calota polar? Vai voltar dizendo que aqui só tem areia ou que só tem gelo. E se descer na Amazônia vai dizer que só tem verde, árvores. E que tem uns lugares em que as árvores foram cortadas... queimadas... que tem uma fumaça esquisita no ar. E se descer num mar? Só tem água, e salgada ainda por cima.
Um abraço, e ótimo final de semana.

sábado, março 15, 2008  
Anonymous MP3 e MP4 said...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the MP3 e MP4, I hope you enjoy. The address is http://mp3-mp4-brasil.blogspot.com. A hug.

domingo, março 16, 2008  
Blogger Eduardo P.L. said...

Adelino,

respondendo sua pergunta sobre a Vítima da Quinta: nessa seção do Varal , todas quintas -feiras aparecerá uma caricatura de (uma vítima) que os visitantes poderão descobrir, ou não. A Sonia não erra uma! Na sexta sai o resultado, com o nome e foto da Vítima! As fotos ( em geral) são coçhidas do PERFIL da Vítima! No seu caso é tarde demais!!!!Você poderá ser a próxima vítima!
Boa noite.

domingo, março 16, 2008  
Anonymous Adelino said...

Eduardo, não tem problema. Será uma honra e um privilégio para este humilde blogueiro ser caricaturado por um artista da sua envergadura... Pena que a foto não seja "atualizada", mas as mudanças foram poucas... rsrs
Grande abraço, Eduardo, aguardo com ansiedade o seu presente.
Adelino

segunda-feira, março 17, 2008  
Blogger Sonia said...

Vamos ver se nesta próxima quinta eu vou acertar! É que o Eduardo é um craque!

segunda-feira, março 17, 2008  
Anonymous Adelino said...

Sonia, se você já era uma expert em acertar os caricaturados, depois da "ameaça" do Eduardo dizendo que sou uma das prováveis "vítimas", aí então fica tudo mais fácil ainda, não é?
Abraço

segunda-feira, março 17, 2008  
Blogger  said...

Caro Adelino...Nos anos 70 voltando da cidade a noite pela estrada de terra da Fazenda em Araras ,com minha mãe dirigindo ,vivemos uma história no mínimo intrigante...A um certo ponto eu sentada no banco de trás, vi uma luz fortíssima com um som abafado se aproximar..esta luz parou durante uma fração de segundo sôbre o carro nos iluminando como sol de meio dia...instintivamente caí sob o banco e minha mãe saiu da estrada quase provocando um grave acidente,pois além do susto o carro parou com toda a parte elétrica desligada.
A luz sumiu ...não conseguimos mais fazer o carro pegar...Procuramos explicar...mas nunca conseguimos...Portanto eu sou suspeita...não acredito ...mas acreditando...Muito interessante este teu post...beijos.

terça-feira, março 18, 2008  
Blogger Celia Rodrigues said...

Oi Adelino!
Eu não creio que haja vida inteligente em outros planetas. Se isso fosse uma realidade, pelo tempo em que o mundo existe, já haveria evidências. Acho que há pessoas muito preocupadas em achar populações alienígenas por aí em vez de se preocupar com a população terrestre e seus problemas.
Você abordou um ótimo assunto!

quarta-feira, março 19, 2008  
Anonymous DO said...

Creio que existam casos e casos,Adelino.
Não consigo con ceber que no infinito do Universo,só o nosso planeta tenha sido privilegiado com VIDA INTELIGENTE ( !? ).

Abração!

quarta-feira, março 19, 2008  
Anonymous ery roberto said...

Adelino, essas cenas do filminho aí mais parecem aquelas da série "Perdidos no Espaço". Lembra? Sujeitinho vil aquele Dr. Smith, hein?!!

quarta-feira, março 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

Vi, a sua história é interessante, inclusive já ouvi e li relatos semelhantes. Um deles: a minha prima era adolescente quando, à noite, vindo em direção à casa da fazenda de seu pai (meu tio), um objeto luminoso que estava a uns 100 metros distante sob uma árvore, voou em sua direção. Ela se atirou no gramado chão, o objeto subiu, deixando a área ao seu redor completamente iluminada. Isso aconteceu em 1952.
Você e sua mãe tiveram mesmo uma experiência inexplicável.
Beijos.

quarta-feira, março 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

Célia Rodrigues, por coincidência, o jornal O GLOBO, de ontem, terça-feira, publica na sua seção CIÊNCIA, um artigo de Roberto Jansen, de nome "ESTAMOS SÓS - Especialista em astrobiologia acha improvável existência de vida em outros planetas".

E prossegue: "Na contramão da idéia popularizada por importantes cientistas de que a existência de formas de vida em outros planetas é provável, o especialista alemão Wolfang Kundt aredita que estamos sós, ao menos nesta galáxia. (...)".
Tudo bem, pode não existir, como disse o cientista "pelo menos nesta galáxia"... Então a dúvida permanece, não é?
Muito obrigado.
Beijos

quarta-feira, março 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

Do, é muito complicado.
Outro dia perguntei algo mais ou menos assim à nossa querida leitora, a astrônoma Liz: o estudo da Astronomia altera alguma coisa em relação à crença em Deus por parte deles, os astrônomos? Ela respondeu, pelo menos entendi assim, que tudo o que a Ciência consegue explicar, neste caso a presença ou existência de Deus perde a razão de ser. Naqueles casos específicos, claro.
Eu deduzi então que Deus existe pois jamais se conseguirá explicar o que seja o Infinito.

Eu também creio na existência de seres inteligentes em outros planetas. Tão inteligentes que passam por aqui apenas de passagem...
Grande abraço, Do.

quarta-feira, março 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

Ery, eu diria que lembra aqueles seriados do Flash Gordon no Planeta Mongo, com Buster Crabbe e Jean Rogers. Não é do seu tempo, que é muito novinho, mas dê uma olhada no YouTube... Vai gostar.
Eu achei o clip mexicano muito bem feitinho, bem enquadrado, muito bem preparado. Em todo caso, para não criar um incidente diplomático, vamos fingir que acreditamos. Faz bem...
Grande abraço, Ery.

quarta-feira, março 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

NÚMEROS DO POST: comentaram 15 leitores amigos. Ery comentou mas não opinou sobre a pergunta. Se acreditar em discos-voadores pressupõe a crença de que exista vida em outros planetas, as respostas poderiam ser assim tabuladas:
60% ACREDITAM
20% NÃO ACREDITAM
20% EM DÚVIDA OU NÃO OPINARAM...

Um beijo para as meninas e um abraço para os meninos... E Feliz Páscoa para todos nós.
Adelino

quarta-feira, março 19, 2008  
Anonymous Maria das Graçs said...

Muito interessante sua pergunta, pois é dificil para muitos acreditar em muitas coisas no nosso planeta.
Se você tiver oportunidade leia o Livro:Vivendo no planeta Marte, de Ramatis.
Lá você irá encontrar perguntas e respostas para todas as dúvidas se existe ou não.
Eu acredito,e tentaram se mostrar,mas ainda não é o momento, pois seria uma comoção total e muitos não estão ainda preparados.
Não conseguimos detectar se há vida lá depois de tantas experiencias, porque eles estão na quarta dimensão, e nós na terceira.
É um asunto envolvente e só lendo para tirar cada um sua conclusão.
Vai do conceito de cada um.

quarta-feira, maio 20, 2009  

Postar um comentário

<< Home