23 março 2007

MÁQUINA DO TEMPO


----------------------------------------------------------------------------------
1 - Há 65 anos já se tinha esperança de um mundo melhor (22-01-1942);
2 - E há 63 a bonita Princesa Elizabeth era a "Futura Rainha Elizabeth" (20-04-1944)...
----------------------------------------------------------------------------------
A revista semanal VAMOS LER!, entre tantas, tinha tanto conceito e influência, na época, como têm hoje as IstoÉ, Veja, Visão, Época e outras. De 1932 até o final de 1945 vigorava um regime de fortíssima censura à imprensa.
----------------------------------------------------------------------------------
(Exemplares originais da coleção de "guardados, quinquilharias, preciosidades, relíquias e velharias" de Adelino P. Silva)...
----------------------------------------------------------------------------------


9 Comments:

Blogger Adelino P. Silva said...

Os meus 6 leitores já ouviram falar do "ovo indês"? Creio que não. E nem sei se se escreve assim. Era um ovo comprado no armazém, igual aos outros, mas que a gente depositava no ninho da galinha para que ela se sentisse estimulada a ali colocar outros... Então? Este meu comentário é o próprio, é o "comentário indês". Para chamar outros...
Grande abraço para quem aqui comparecer, e obrigado.

sexta-feira, março 23, 2007  
Blogger valter ferraz said...

Adelino, êsse indês não está choco, está?
Quando ví o título: Máquina do Tempo, pensei que vc ía postar sobre o seriado "O túnel do Tempo". Só depois que baixou toda a imagem que ví as revistas. Interessante como uma notícia fica com o passar dos tempos, né? A Futura rainha Elisabeth tão novinha e simplezinha num vestido modesto. Interessante esses seus guardados.
Um abraço
ps: te mandei um e.mail, recebeu?(no G.mail)

sexta-feira, março 23, 2007  
Anonymous aninha-pontes said...

Adelino, já de manhã ví o seu post, só que o Valter estava no PC, e vc sabe né? Partilhamos.
Só agora cheguei aqui.
Bom o assunto, ou a chamada do post,é de suma importância: Vamos ler. As coisas seriam diferentes, se as pessoas tivessem o hábito de ler mais.
O comentário do ovo indês:
Na minha infância, minha mãe em sua pouca cultura, o chamava de "indêis". Mas era isso mesmo. Incentivava a galinha a por mais ovos. Na verdade o que acontecia era que a galinha pronta para por seus ovos, com instinto de preservação procurava um local seguro para por seus ovos. (futuros filhos) já daí o instinto de preservação.
Se ela visse o ovo de "indêis" no ninho, ia achar que o lugar era seguro, portanto não iria procurar o mato, que dificultava a coleta dos mesmos.
Isso era a cabeça de pessoa simples, que nos contava de forma simples como era a natureza das coisas e dos animais.
Vixe! agora eu escrevi um post pegando carona no seu heim?
Um abraço

sexta-feira, março 23, 2007  
Anonymous Adelino said...

Anna, adorei o seu comentário. Escreva o quanto quiser. As explicações foram ótimas.
Vou lhe fazer um desafio, Anna. Na minha escola primária jogávamos um jogo chamado "ortican". Já perguntei a muitas pessoas qual a origem do nome etc, mas ninguém sabe. Era um misto do futebel americano com o nosso futebol.

Qquanto às revistas eu tenho várias outras que irei postando logo que possível.
Abraços e bom fim de semana.

sexta-feira, março 23, 2007  
Blogger O Meu Jeito de Ser said...

Xi! Adelino, esse jogo eu não conhecí não.
Também não faço idéia da origem do nome.
Mas é impressionante como eles eram criativos.
Já falei para o Valter, que deveria fazer uma bela lista de termos que meus pais usavam, e que nunca ví em dicionário nenhum. Só que as palavras fazem sentido.
Um abraço

domingo, março 25, 2007  
Anonymous Adelino said...

Anna, é mesmo. Penso exatamente igual a você. Palavras estranhas, mas que fazem sentido. Prometo colaborar com a lista que vai organizar. Vou me lembrando e anotando. Afinal, interior de São Paulo e Triângulo Mineiro têm muito em comum. É verdade mesmo.
Um abraço

domingo, março 25, 2007  
Anonymous Maria das Graças said...

É frequente queixarmos de nosso mundo, que também é responsabilidade nossa.
Poderemos citar Gandhi, por propagar a "não violência",o caminho certo para um futuro melhor.
Devemos agasalharmos a certeza que esse mundo tem jeito, sem violência, em respeito ao outro.
O dia que tivermos a sabedoria de não revidar uma ofensa, aí,tudo mudará, pois somos co-autores de tudo que acontece no mundo pelo nosso pensamento bom ou ruim.

Elizabeth II filha do Rei Jorge Sexto, comemorou já suas bodas de ouro de sua ascensão ao trono.
Como o tempo passa!
Se fez um bom reinado, já está escrito na sua consciência, e só ela poderá julgar.

Maria das Graças.

domingo, maio 17, 2009  
Anonymous Adelino said...

Maria das Graças, relendo/revendo os post antigos encontrei seu ótimo e oportuno comentário.
Muito grato.
Abraços.

sexta-feira, setembro 18, 2009  
Blogger Rita Anizelli said...

Olá , sobre Orticã ou Ortican... vem do italiano URTIGA . porque a bola ao ser lançada deve arder no adversário como urtiga... O jogo de origem italiana , é também conheci
do como BARRABOL e confundido coma a QUEIMADA ... foi praticado no Colegio de Santa Inês, , Colegio então exclusivamente feminino no bairro do Bom retiro em São Paulo, até inicio dos anos 70, quando o professor de educação fisica, recem chegado , assustou-se com o impeto das meninas ( eu , inclusive) e achou que o jogo era algo violento... Lá jogavamos com uma bola de tenis em lugar de bolas de meia ou as bolas pequenas de capote , semelhantes ás de Handebol, possivelmente , devido á providencial influencia de Maria Esther Bueno , tenista Brasileira que estudou no Santa Inês e jogava Barrabol... Desde 2005 , um grupo de ex alunas, de diversas turmas anteriores a 78 , reunidas , tem buscado jogar em alguns de seus encontros o Barrabol. Até onde sabemos , nenhum dos outros colegios salesianos manteve a partica do jogo ou efetivamente jogava como no Santa Ines... outra difeença da queimada é que os jogadores que pegam a o arremesso da bola , passam a jogar infiltrados diretamente no campo adversario , devendo ser " atrapalhados " ou marcados por um unico adversário , ate que , de posse da bola , façam arremessos até que todo o seu time " passe para o campo adversário

quinta-feira, maio 14, 2015  

Postar um comentário

<< Home