07 novembro 2007

PARECE, MAS NÃO É...

----------------------------------------------------------------------------------
Dia desses, acessando a Ponte Rio-Niterói, tive a oportunidade de fazer este "instantâneo"... Não tive a mínima intenção de produzir uma foto diferente. Dias depois percebi que os três gigantescos guindastes do Porto do Rio mais pareciam aqueles robôs guerreiros das duas trilogias cinematográficas, STAR WARS, de George Lucas... Ou não?
----------------------------------------------------------------------------------
Foto digital APS
----------------------------------------------------------------------------------

25 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Experiência.
Tentei postar um coments e não foi de jeito nem maneira.
Só prá ver se agora vai.
Strix.

quarta-feira, novembro 07, 2007  
Anonymous Anônimo said...

Não é que agora foi.
Strix.
Havia algum problema, aqui ou alí.
Mas agora é tarde.
Boa noite e
abraço.
Strix.

quarta-feira, novembro 07, 2007  
Blogger valter ferraz said...

Adelino, a mim me pareceu mais três cadeirões, daqueles de restaurante. Arte muderrna!
Abraço forte

quinta-feira, novembro 08, 2007  
Blogger Eduardo P.L. said...

Adelino,

fiz uma homenagem a você no Drops de hoje!

Abçs e saudades! Nostalgicas saudades!

quinta-feira, novembro 08, 2007  
Blogger Sonia said...

Gostei muito, Adelino! Como o Valter disse, me fez lembrar umas cadeiras imensas, de um filme surrealista!

Sabe que você devia tirar mais fotos e postar aqui?

Um ótimo dia para você! Beijos para a Claudia!

quinta-feira, novembro 08, 2007  
Anonymous Adelino said...

Strix, faça o seguinte: abra o computador, conecte e desconecte os contatos, dê uma escovadinha neles, uma limpezinha. Não sei se funciona, mas fiz isso, e até agora está indo muitissimo bem (até agora, claro).
Grande abraço

quinta-feira, novembro 08, 2007  
Anonymous Adelino said...

Pois então, Valter, tudo depende do ponto de vista. Se clicar na foto vai ver a ponte um pouco nublada.
Grande abraço.
Quanto ao livro, tudo certo, ok?

quinta-feira, novembro 08, 2007  
Anonymous Adelino said...

Eduardo, simplesmente sensacional aquela foto do hidroavião com o Cristo (em fase de construção) ao fundo. E sobre a homenagem, sem palavras. Valeu muito.
Eu vou ficar freguês do DROPS AZUL ANIS. Aliás, já está linkado aí ao lado, número 32, se não me engano.
Grande abraço.
PS - Se me permitir coloco aquele post na íntegra no Nostalgia, o que acha? Lógico que devidamente creditado. Se não, tudo bem.

quinta-feira, novembro 08, 2007  
Anonymous Adelino said...

Sonia, é questão de ponto de vista, não é?

Sobre as fotos sugeridas, Sonia, no domingo retrasado o pneu do carro esvaziou um pouco abaixo do vão central da Ponte, sentido Rio. Depois de trocado, aproveitei e coloquei a câmera sobre o capô do carro para aquela que seria uma foto lindíssima do Rio... Um verdadeiro panorama visto da ponte... A tarde estava com sol, sem nuvens, maré baixa. "Bati" três fotos. Vim até pensando no texto e nome do post que faria com elas. Quando cheguei em casa e as descarreguei no PC, elas não estavam lá. Eu tinha anteriormente regulado a "máquina" para apenas 24 fotos. E com a claridade nem vi que não tinha mais memória...
Enfim, foram as mais lindas fotos que não tirei...
Abraços
PS - A Claudia sempre agradece o seu abraço, e não deixa de ler e ver o Leaves.

quinta-feira, novembro 08, 2007  
Anonymous Jeanne said...

Como eu acho que sou a única pessoa do mundo que não viu estes filmes, não posso comparar, mas a foto ficou linda!
Parece mesmo cadeiras imensas.
Beijos

quinta-feira, novembro 08, 2007  
Blogger Aninha Pontes said...

Como você disse Adelino, depende do ponto de vista.
A mim, num primeiro olhar me pareceu instrumentos musicais, pianos e afins.
Um beijo

sexta-feira, novembro 09, 2007  
Blogger Yvonne said...

Adelino, não tive essa impressão, para mim foram guindastes mesmo.
Beijocas

sexta-feira, novembro 09, 2007  
Anonymous Helô said...

Foto pra concurso, Adelino. É bem surrealista. Parabéns! Beijos.

sexta-feira, novembro 09, 2007  
Blogger Vivien Morgato : said...

vc achou monstros reais.;0)

sexta-feira, novembro 09, 2007  
Anonymous Adelino said...

JEANNE, quase que somos os "dois únicos", pois eu vi apenas um deles: o primeiro...
Beijos

sábado, novembro 10, 2007  
Anonymous Adelino said...

ANINHA, você "viu" instrumentos musicais como piano e outros; a Sonia, cadeiras imensas; o Valter, cadeirões de restaurantes; a Yvonne, guindastes mesmo; a Vivien disse que eu achei monstros reais... A Helô, viu uma foto digna de concurso, bem surrealista...
Pontos de vista mesmo.
Beijo

sábado, novembro 10, 2007  
Anonymous Adelino said...

Yvonne, o interessante é que os "olhos" das câmeras são verdadeiros, sinceros. Vêem e "congelam" a realidade. Quantas vezes pessoas posam para uma foto absolutamente cientes de que estão "abafando", e quando se olham nas fotos quase caem de costa;
- Não é possível, não sou eu... - e é, porque a foto expressa o real.
Bjks

sábado, novembro 10, 2007  
Anonymous Adelino said...

Yvonne, o interessante é que os "olhos" das câmeras são verdadeiros, sinceros. Vêem e "congelam" a realidade. Quantas vezes pessoas posam para uma foto absolutamente cientes de que estão "abafando", e quando se olham nas fotos quase caem de costa;
- Não é possível, não sou eu... - e é, porque a foto expressa o real.
Bjks

sábado, novembro 10, 2007  
Anonymous Adelino said...

Obrigado pelos elogios, Helô, mas reconheço que foi por puro acaso. A minha intenção era mesmo a Ponte ao fundo. Mas convenhamos que muitas fotos não posadas, e premiadas, também foram obtidas por sorte, não é?
Beijos

sábado, novembro 10, 2007  
Anonymous Adelino said...

Helô, um recado: gostei das três postagens de CINE INESQUECÍVEL, especialmente de "Carmem" e "El Amor Brujo", em 9/11/07.
Beijos

sábado, novembro 10, 2007  
Blogger Luci Lacey said...

Adelino

Embora nao tenha todas as helices, me parece um entardecer dos moinhos na Holanda.

Linda foto viu.

Beijinhos, bom Domingo e boa semana.

domingo, novembro 11, 2007  
Anonymous Adelino said...

Então, Luci, mais uma opinião: moinhos na Holanda, sem algumas hélices...
Beijos, bom domingo e boa semana.

domingo, novembro 11, 2007  
Anonymous peri s.c. said...

Acho que os artistas que criaram os tais robôs-monstros se inspiraram exatamente nestes impressionantes guindastões dos portos, que se não me engano são chamados de "cabrea"

domingo, novembro 11, 2007  
Anonymous Adelino said...

Peri, você tem razão. Chama-se "cábrea" ou "cabrea".
Dos dicionários:
"cábrea
de cabra
s. f.,
corda grossa que serve de amarreta de navio;
espécie de guindaste;
ant.,
diz-se da nau ou barcaça, com aparelho próprio para governar os navios que precisavam de ser vistoriados ou separados."
Grande Peri.
Um abraço do
Adelino.

quarta-feira, novembro 14, 2007  
Anonymous peri s.c. said...

Adelino
Minha ligação com as " cábreas" é curiosa.
Quando comecei a ler jornal, anos 60, bem garoto e curioso, lia o jornal inteiro. Acho que era a Folha de São Paulo.E nessa época jornais tinham aquelas colunas específicas : turfe, xadrez, jogo de botão, e outras coisas curiosas .
A Folha tinha uma " coluna portuária " que relatava os navios que estavam chegando em Santos, saíndo, que cargas traziam, o que levavam, em que cais paravam. E sempre noticiavam, quando falavam de grandes navios e grandes cargas da tal " cábrea Sansão " que era a estrela do porto.
Não publicavam fotos, então ficava imaginando que era um guindaste e assombrosamente grande e poderosa, para ser chamada de Sansão.
Até hoje, tenho um certo encantamento por esses instrumentos elevatórios, hoje também dentro das cidades, vide as gruas.
abraço

sábado, novembro 17, 2007  

Postar um comentário

<< Home