23 fevereiro 2007

SONHOS DE MENINO

(Desenho de Adelino, inspirado em original de Alex Raymond)
----------------------------------------------------------------------------------
Quem nunca sonhou quando criança em exercer profissões totalmente diferentes daquelas que acabariam por exercer quando adultos? Piloto de avião, de carros de corrida, artista de cinema, bombeiro, marinheiro, escritor, compositor, professor etc etc? Muitos conseguiram, outros não. Eu sonhava em ser um desenhista de quadrinhos tão famoso quanto o foram Stan Lee, Hal Foster, Alex Raymond ou Will Eisner. Sonhei em ser Arquiteto, mas não deu. Cursos de Engenharia, Arquitetura, Medicina eram diurnos. Economia, não.
O gosto pelo desenho, entretanto, ainda que sem técnica alguma, permaneceu. De vez em quando me pego rabiscando alguma coisa, copiando ou inventando, sempre à mão livre, mas raramente acabo um desenho, porque sempre que o revejo acho que não está bom como eu queria. E vai para um “arquivo morto”, normalmente no meio de um livro qualquer ou direto para o cesto de papéis.
O desenho do post de hoje, com erros de proporções, encontrei numa daquelas “limpas” que estou fazendo. Fico pensando que se tivesse insistido em ser um cartunista certamente teria morrido de fome...
----------------------------------------------------------------------------------

10 Comments:

Blogger valter ferraz said...

Adelino, economista então? mas olha os traços estão muito bons, acho que com um curso técnico de desenho vc iria aprimorar o traço. Não dá mais, né? O que passou, passou, diz a música.
Diz uma coisa: vc não tem "culpa" nenhuma por esses planos econômicos mirabolantes que volta e meia aparecem, tem?
Abração

PS: meu filho Tiago formou-se ano passado em economia. Está dando os primeiros passos na profissão e você precisa escutar o que tem em mente: é de assustar qualquer um.

sexta-feira, fevereiro 23, 2007  
Blogger O Meu Jeito de Ser said...

Parabéns economista desenhista, ou seria desenhista economista?
Tanto faz, parabéns,porque voce tem talento, eu sou péssima até para desenhar os esquemas de minha costura e tricô.
Um abraço

sexta-feira, fevereiro 23, 2007  
Anonymous Adelino said...

Valter, Economista, sim, Conselho sempre em dia, ou melhor, em ano... E com a honra de ter sido uma pequenina engrenagam que ajudou a “dar a partida”, o “start” a uma grande conquista social no país, “não demagógica” e que está aí até hoje. Como dizia o Ibrahim Sued, depois eu conto.

A Ciência Econômica era prioritariamente mais subjetiva. Levava-se em conta fatores humanos (principalmente) e sociais, e as medidas era tomadas em função deles. Hoje, a Economia é mais objetiva, é quase uma Ciência Exata, mais números, mais índices, mais “curvas disso e daquilo”. O PC decide muitas coisas. Meus parabéns ao seu filho. As opções são muitas.

Um abraço.
Ps - Valter, você já notou que apenas você, Anna, Denise Sollami, Eduardo comentam por aqui? O que acha? Vou começar a falar de "simpatias", fuxicos da TV, culinária não (eu já disse tudo) o que sabia. Tá feia a coisa. Com este IBOPE baixo o "patrão" me manda embora...

sexta-feira, fevereiro 23, 2007  
Anonymous Adelino said...

ANNA, muito obrigado a você e Valter pelo carinho e atenção de estarem sempre presentes por aqui. Isso vale muito mesmo.

Não sou desenhista nada, Anna, apenas gosto. Eu poderia lhe contar um fato muito interessante sobre um grande desenhista de HQ, mas se contar, não poderei postá-lo, então fica pra depois.
Muito obrigado, Anna e Valter.
Ah, um abraço para o colega Tiago. Cabe a ele colocar uma pitadinha de subjetividade quando de uma decisão econômica que envolva seres humanos. Sei que o fará. Além do que está no nosso juramento...
Um abraço, Anna.
Ps - Anna, diz ao Valter que talvez eu também fale aqui no blog sobre, sobre o que mesmo? Ah, desenhos de esquemas de tricot e crochet... É brincadeira. Não entendo nadinha.
Abs

sexta-feira, fevereiro 23, 2007  
Anonymous aninha-pontes said...

Adelino, estava lendo o que voce disse no cometário para o Valter, sobre as nossas visitas assíduas. É que gostamos de vir aqui, pois voce sempre tem algo a contar, e que acabamos nos divertindo com esse bate papo, de comenta, responde, voltamos a comentar, etc..
Agora, a pergunta que não quer calar, voce tem visitado os blogs das pessoas que vem aqui e comentado? No fundo é o que todo mundo quer, percebí que a Márcia Clarinha e a Yvone, não tem vindo mais.????

Adelino,pode confiar,os esquemas de tricot,nada mais são que os desenhos dos modelitos a serem seguidos por quem estiver na máquina confeccionando. Voce é capaz.
Um abraço

sábado, fevereiro 24, 2007  
Blogger valter ferraz said...

Adelino, Plano Real?
Um abraço

sábado, fevereiro 24, 2007  
Anonymous Adelino said...

ANNA, sobre a pergunta que não quer calar: eu não sei o que aconteceu, mas depois que o Blogger se modernizou sinto dificuldades de colocar comentários até no meu próprio blog. Até o VISUALIZAR está péssimo, o que tem sido motivo de erros corrigidos pós-postagens. Por vezes, chego a PUBLICAR, ficar aguardando, desistir, e aí vou para outra tarefa, e quando volto ao blog lá está o comentário que fiz (como insisti às vezes aparece dobrado...). Quanto a Yvonne e Clarinha, eu não me lembro agora, mas explico depois o que houve.
O da Denise Sollami, quando clico sobre a data para ver somente o post e os comentários), embora o o contador de comments esteja com 9 ou 10, aparece somente o post, mas não os comentários. Mas vou ver isso.
E o seu próprio, ANNA, não sei o que é, quando tento acessá-lo o Northon entra em ação, aparecem spams e às vezes até ocorre uma desconexão. Eu acho que o meu computador está meio "carregado" (no bom sentido...) Logo logo vou dar uma faxinada nele.
Explicações dadas (ainda faltam os caso da Yvonne e Clarinha, que vou ver o que aconteceu).
Ah, e tem o Valter que fechou pra balanço...
Os desenhos é só por diversão mesmo, Anna.
Um bom domingo para vocês.

PS - Já acertaram os relógios? Os de pulso, de parede, de celulares, de Pc´s etc, porque o "biológico" deve demorar mais uns dias...
Adelino

domingo, fevereiro 25, 2007  
Anonymous Adelino said...

VALTER, não foi o Real não. O Plano Real, por incrível que pareça, se você consultar os arquivos do Globo de uns dois anos antes de sua implementação verá que um leitor (não fui eu não), já tinha proposto um Plano 90 por cento semelhante, na sua essência. Quando, dois anos depois, vi aquilo fiquei espantado. Não estou inventando não, é só ver nos arquivos de Cartas dos Leitores do jornal (a não ser que o autor da carta tenha sido o mesmo "inventor" do Real).
Depois eu te dou uma opinião sobre o famigerado confisco que acabou por queimar a Zélia e Collor.
Valter, um excelente domingo para vocês todos.

domingo, fevereiro 25, 2007  
Blogger Fernando said...

Oi, Adelino, quase Arquiteto,
Você precisava ver os primeiros desenhos do Ziraldo, esse craque do cartunismo brasileiro. Acredite se quiser, eram fraquissimos.
Dsenvolveu, porém, baseado no talento, que certamente já tinha, uma técnica capaz de ser o que hoje é.
Quem sabe, se você continuasse, não chegava lá?
Falar nisso, o desenho até que está bom.
abraços
fernando cals

terça-feira, fevereiro 27, 2007  
Anonymous Adelino said...

FERNANDO, eu não cheguei a frequentar a Escola Nacional de Arquitetura, mas estava me preparando para o vestibular. As aulas eram ministradas na rua Luiz de Camões, num Anexo da Escola Nacional de Engenharia (ENE), no Largo de São Francisco.
Fiquei seis meses, ia muito bem nos testes simulados, mas desisti. Eu tinha 20 anos, e trabalhava durante o dia numa multinacional muito exigente. Era apenas um sonho. Quando coloquei os pés no chão, caí na realidade. Mas sem problemas. A Arquitetura nacional não perdeu nada com isso... A Economia sim, hein, Valter?...
Um grande abraço, Fernando.

PS - Fiquei te devendo um post sobre o Príncipe Valente...

terça-feira, fevereiro 27, 2007  

Postar um comentário

<< Home