26 fevereiro 2007

O COMETA BENNETT

----------------------------------------------------------------------------------

O Cometa Bennett foi descoberto por John Caister Bennett, de Pretoria, África do Sul, em dezembro de 1969. De órbita elíptica (fato que seria constatado mais tarde), passou pelas proximidades da Terra em meados de março de 1970, ocasião em que podia ser visto a olho nu durante o amanhecer. Por volta de 20 de maio desse mesmo ano já não era mais visível nem com o auxílio de instrumentos óticos. Em 1974, próximo ao Sol, o cometa se fragmentou.

Pois é, eu consegui fotografar o Cometa Bennett, em 1970, por puro acaso, sorte. Morávamos em Belém, Pará, e naquele dia coincidentemente acordei mais ou menos às cinco horas da manhã. Quando cheguei à varanda, fiquei deslumbrado com aquele espetáculo maravilhoso. Corri e peguei a minha câmera Beautycord, tipo reflex, sempre carregada com um filme p&b. Tive calma suficiente para ajustar a velocidade em “b” (aquela em que o filme fica exposto durante o tempo em que o disparador estiver sendo pressionado), abertura máxima possível. Contei cinco segundos e... pronto!

Imaginei que a passagem do Cometa seria o assunto do dia seguinte na cidade. Se não nos jornais (não dava tempo), pelo menos nas estações de rádio e TV. Nada, rigorosamente nada. Nenhum dos meios de comunicação comentou o fato, aliás, como também nada tinham mencionado anteriormente. Pensei em doar a foto para um jornal, mas acabei desistindo. Achei que seria apenas mais uma. Que nada. Jamais se tocou no assunto. Até hoje tenho a nítida impressão de que somente eu observei e fotografei o Cometa Bennett no céu já quase totalmente azul daquele lindo amanhecer de 1970 em nossa querida cidade de Belém, Pará.
----------------------------------------------------------------------------------

(Cometa Bennett ao alto da foto de Adelino P. Silva, 1970)

----------------------------------------------------------------------------------

56 Comments:

Blogger Denise Sollami said...

Adelino, que história! E que foto!
Que coisa a vida, na época não se deu importãncia e agora, tanto tempo depois, ambas - história e foto - são veiculadaa nesta 'maravilha da tecnologia moderna' que são o computador e a rede! Muito legal!

segunda-feira, fevereiro 26, 2007  
Blogger Fernando said...

Oi, Adelino, essas são as estórias que nós, mais rodados, podems ter para contar.
Maior barato!
Lembro-me da passagem, co pouco que se falou, mas não me lembro de ter pensado em fotografar, ou, ao menos, tentar ver.
Belo registro fotográfico.
abs
fernando cals

terça-feira, fevereiro 27, 2007  
Blogger valter ferraz said...

Adelino, pouco se falou mesmo. Eu nunca tinha ouvido falar. lembro da passagem do Halley, muito comentada. Desse aí nada.
Parabéns pelo registro!
Abraço

terça-feira, fevereiro 27, 2007  
Anonymous Adelino said...

Olá, DENISE SOLLAMI, fiquei feliz e honrado que tenha gostado do post. E veja as dificuldades que enfrentei para que a "chapa" (fala, Valter!) fosse revelada e copiada. Primeiro mandei que apenas revelassem o rolo de filme. Ok. Enteguei na loja apenas o negativo, com a recomendaçao (por escrito) de que não deveriam cortar nada; era uma ampliação 20x20, papel brilhante, porque eu queria justamente que o Bennett aparecesse bem. Veja só. Passaram-se uns quatro dias (era normal para a época, principalmente lá no Norte). Quando abri o envelope, surpresa!!! Não somente tinham sujado e riscado o negativo, como suprimiram a parte de cima da foto ampliada... Acabaram com o Bennett, Denise... Nem reclamei, mandei fazer outra exatamente como eu tinha pedido, explicando pessoalmente ao "operador". E acabou ficando assim mesmo, até que, dentro das circunstâncias, bem razoável. Outro detalhe é que devo ter dispendido uns 3 minutos na preparação da câmera, tempo suficiente para que o Cometa já tivesse perdido um pouquinho de sua beleza por causa do Sol que já nascia rápido. Estávamos praticamente na linha do Equador.
Grande abraço, Denise.

terça-feira, fevereiro 27, 2007  
Blogger valter ferraz said...

Adelino, só quem fala "chapa" é a médica lá da novela das oito, aquela novela quwe nem eu nem o Fernando assistimos. Num capítulo qualquer lá atrás a "médica" interpretada(?) pela Regina Duarte(ex-namoradinha do Brasil)fala ao paciente: pronto, agora vou mandar "bater uma chapa" para ver seu pulmão. Acho que ela quiz dizer
radiografia, né?

terça-feira, fevereiro 27, 2007  
Anonymous Adelino said...

FERNANDO, eu diria: temos o privilégio de poder contar essas estórias, graças a Deus...

Na época, como disse, Fernando, nós morávamos em Belém, por sinal, uma cidade já naquele tempo bastante agradável, muito hospitaleira. As comunicações eram difíceis. Isso em 1969. E você disse que pouco ouviu falar do Cometa, ainda que "estando no Sul", como falam por lá. Imagine, com apenas três jornais: Folha do Norte, A Província do Pará (ambos quase centenários) e posteriormente O Liberal, e uma estação de TV, a Marajoara.

O fotógafo ou cinegrafista amador tem de andar sempre pronto para surpresas. De repente você dá de cara com um(a) ET, conta em casa, e como é que fica? Te internam como "civilmente incapaz",meu caro... Ou fica calado ou documenta...
Valeu, Fernando, um grande abraço.

terça-feira, fevereiro 27, 2007  
Anonymous Adelino said...

Então, VALTER, foi o que eu disse ao Fernando. Parece que nem aqui no Sul falaram alguma coisa, deram horários bons para observação etc.
Sobre o Cometa Bennett, Valter, eu li uma informação que resolvi até nem colocar no post, porque achei que poderiam ter se enganado na ordem de grandeza, ou seja, esse cometa o (Bennett) só voltaria a ser visto novamente daqui da Terra nos próximos 1.700 anos, quando completaria uma volta na sua trajetória elíptica. Pode até ser, mas achei muito. Só Rogério Mourão, aquele "crânio" em Astronomia poderia esclarecer.

Aliás, o Bennett nem seria mais visto, já que aproximando-se do Sol se fragmentou, em 1974.
Grande abraço.

terça-feira, fevereiro 27, 2007  
Anonymous Adelino said...

Adelino, só quem fala "chapa" é a médica lá da novela das oito, aquela novela quwe nem eu nem o Fernando assistimos. Num capítulo qualquer lá atrás a "médica" interpretada(?) pela Regina Duarte(ex-namoradinha do Brasil)fala ao paciente: pronto, agora vou mandar "bater uma chapa" para ver seu pulmão. Acho que ela quiz dizer
radiografia, né?

VALTER, sinceramente eu não vejo novela mesmo, e nem por tabela, porque aqui ninguém vê. E nem Big Brother. Nada contra você e Fernando e Ery Roberto que não perdem um capítulo. Chegam gravar para ver depois, com a desculpa de quevendo poderão criticar...
É brincadeiraminha, Valter.
Um grande abraço

terça-feira, fevereiro 27, 2007  
Anonymous Adelino said...

Valter, viu só o meu engano? Saiu o seu comentário e logo em seguida o meu. Deixa pra lá. O meu VISUALIZAR não funciona direito.
Abs

terça-feira, fevereiro 27, 2007  
Blogger Lucas Bois said...

Não se sinta tão sozinho, Adelino.
Desde pequeno ouço uma história que meu pai conta de quando ele tinha 20 anos (1970). Ele acordava de madrugada para ir a feira trabalhar e no caminho para pegar o ônibus ele observou esse cometa Bennett. Ele diz que durante dias o cometa permaneceu com sua enorme cauda, cruzando o céu de Belo Horizonte (aonde ele morava). Infelizmente, ele não teve a mesma sorte sua de ter uma máquina na mão para registraro o episódio mas ficou deslumbrado quando eu mostrei essa foto que você tirou.
Legal mesmo!
Vou ficar de olho no céu. Quem sabe eu tenho a mesma sorte, não é?

sexta-feira, fevereiro 08, 2008  
Blogger Marcos said...

Ola Adelino, na verdade até hoje eu nem sabia que o nome daquele cometa era Bennett. Incrivel que durante a passagem do cometa eu na epoca com 11 anos de idade, estava hospitalizado e certa madrugada algumas pessoas entre enfermeiros e pacientes esperaram a passagem do cometa e eu pude vê-lo. Incrivel que eu nunca me esqueci desse fato que na minha cabeça eu já nem tinha a certeza ter visto mesmo um cometa, porém hoje ficou claro.

segunda-feira, fevereiro 25, 2008  
OpenID universodesconexo said...

Caramba Adelino ! Que coisa mais estranha essa. Hoje em dia qualquer coisa que aconteca vira foco da midia imediatamente ! Muito engracada mesmo essa historia.

E que bela foto ! Parabens !

beijos
Lys

sexta-feira, março 14, 2008  
Anonymous Lizete Miziara said...

Adelino, que marav'ilha vc postar essa foto!
Estava no google procurando pela data pois naum lembrava o nome do cometa. comentei com meu marido se ele jah vira um cometa e contei do Bennettem 1970.
Ficavamos horas, noite apos noite, admirando-o, sentados na varanda da nossa casa em Frutal(Triangulo Mineiro)ateh que ele deixou de ser visivel.
Lah, todos esperavamos pelo cometa; todos sabiam que ele passaria pela ultima vez e que seriamos os ultimos a presenciar esse fenomeno.
Todos aqui, dizem que foi pouco comentado...
Nenhum de nos pensou em fotografar...
Maravilha de foto... acho que eh unica.

sexta-feira, setembro 26, 2008  
Anonymous eliete said...

Nossa q surpresa! estive procurando por muito tempo sobre esse cometa, lembro como se fosse hj... minha mãe me acordou e abriu a porta e deparamso com aquela maravilha... corremos , chamamos vizinhos... e ficamos horas admirando... nunca mais ninguem falou, não houve comentarios.... e amigos q ouvem a historia, acham q é invensão.... vou guardar na memoria pro resto de minha vida .. parabens pela foto

segunda-feira, setembro 29, 2008  
Anonymous Anônimo said...

Meu nome é Ricardo, quando vi este cometa tinha 11 anos morava na cidade de Burzaco, Buenos Aires, Argentina, por varios dias acordava cedo so pra ver o cometa, na escola fique sabendo o nome, mas só fique sabendo o nome e nada mas, fique nostalgico, e triste em saber hoje que ele foe consumido pelo sol, mas pelo menos vc consiguio tirar uma foto, nesse ano tambem acontecio outro fenomeno duas grandes manchas estelares no sul a qual so era vista das 2 hs mas ou menos até as 4 hs da manha, eu era um garoto simples e pobre e não tive como documentar estes fatos e fico muito contente em que pelo menos um esteja documentado, parabens e hobrigado.

terça-feira, dezembro 16, 2008  
Anonymous Adelino said...

Lucas Bois, de vez em quando revejo os post antigos e é com grande satisfação que vejo novos comentários (muitos atuais) iguais ao seu, acrescentando informações e depoimentos até comoventes sobre o que postamos. Muito obrigado por ter comentado. Não costumo deixar de comentar o que escrevem, por isso minhas desculpas pela demora.
Um abraço cordial com os votos de um Feliz Natal e ótimo Ano Novo.

sexta-feira, dezembro 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

Caro Marcos. Embora com muito atraso eu não gosto de deixar os que visitam o meu modesto blog sem nenhuma atenção. Gostei do seu depoimento. Eu também fui apanhado de surpresa diante do Cometa, e confesso somente o vi por mero acaso, pois levantei de manhãzinha, no final da madrugada e vislumbrei aquela maravilha no céu de Belém – PA.
Muito obrigado por seu belíssimo depoimento.
Um Feliz Natal e um ótimo Ano Novo.

sexta-feira, dezembro 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

Lys, depois de tanto tempo, retorno ao passado e vejo seu interessante comentário aqui. De lá para cá as comunicações evoluíram de uma forma alucinante. Hoje qualquer fenômeno celeste é mostrado e explicado em detalhes, o que é muito bom.
Beijo. Feliz Natal, e ótimo Ano Novo, adiantados...

sexta-feira, dezembro 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

Lizete Miziara, emocionante ler o seu depoimento. Eu nasci em Uberaba, uma cidade próxima a Frutal. Na época eu já morava no Rio, mas estávamos, eu e esposa, em Belém –PA, a serviço. Consegui fotografar o cometa por acaso, pois além de ter a câmera carregada com filme, acordei muito de manhãzinha, talvez mesmo pela luminosidade do Bennet. O curioso é que lá no Norte nenhum meio de comunicação divulgou nada, rigorosamente nada. Pensei em mandar a foto para um jornal, mas a reveleção demorava muito tempo e perdi a oportunidade. Mas não creio que dariam muita atenção ainda assim. Uma pena. Felizmente, temos o depoimento de pessoas como vocês.
Um abraço. E nossos votos de um Feliz Natal e um ótimo Ano Novo. Muito obrigado pela visita.

sexta-feira, dezembro 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

Eliete, confesso-me emocionado com o depoimento de vocês. Lá onde estávamos nada se falou sobre ele, o Cometa. Nem antes e nem depois. Sempre gostei de fotografar (amadoristicamente) e por acaso consegui flagrar o Bennet. Mandei revelar aquela preciosidade, mas acabaram riscando o negativo, ampliaram a foto sem o cometa (?), uma tristeza. Não a doei para jornais porque demoraram tanto a revelar e copiar que a oportunidade passou.
Ainda que com muito atraso na minha resposta, agradeço a sua visita por aqui, desejando-lhe um Feliz Natal e ótimo Ano Novo.
Um abraço

sexta-feira, dezembro 19, 2008  
Anonymous Adelino said...

Meu caro Ricardo, eu não imaginava que um post feito com tanta simplicidade fosse provocar tantos depoimentos maravilhosos e emocionantes como o de vocês que tiveram, assim como eu, o privilégio de observar o Cometa Bennet. Muito obrigado por isso tudo.
Um grande abraço com os nossos votos de um Feliz Natal e um ótimo Ano Novo.

sexta-feira, dezembro 19, 2008  
Anonymous samuel said...

Adelino adelino estou cansado de escutar dos meus avos q em 1979 eles acordaram mais ou menos 5:00 horas e viram esse cometa no ceu so que eles não sabem que e cometa eles falam em uma estrele com rabo fiquei felis em ver seu post e sua foto para mostrar a eles.
abraços samuel.

domingo, fevereiro 22, 2009  
Blogger Biblioteca said...

Querido Adelino, a sua incrível foto do Bennett me levou às lágrimas, que emoção. Eu tinha oito anos de idade quando o vi aqui em São Paulo-SP. Foi ao entardecer, e esta visão magnífica, que me deixou paralisada de espanto, durou de dois a no máximo cinco minutos. O Bennett era realmente lindíssimo e muito brilhante, tinha a aparência de 'Estrela de Belém'. Vou mostrar o seu blog para todos os que acharam que eu estava inventando essa história. Obrigada, Adelino!

domingo, março 08, 2009  
Anonymous Anônimo said...

Adelino, Como vc, também pensava que era a única testemunha. Aliás, eu e uma amiga com quem estava estudando e passamos a noite acordadas.Vimos o cometa cruzando o céu da Praia de Copacabana, e foi uma surpresa, pois não havia notícias, nem antes e nem depois.Houve um tempo que achei que minha lembraça tinha sido um sonho.E graças a vc, tenho o testemunho de uma foto.Obrigada!Ana / RJ

quarta-feira, julho 22, 2009  
Blogger pimenta said...

Adelino,sua foto do cometa Bennett,
me lembrou do ano de 1970,eu estava
com 18 anos na epoca.Eu acordei as
2 horas da manha,e vi aquele rastro luminoso no ceu,foi a coisa mais linda que ja vi na minha vida.
Fiquei quatro dias vendo,ate ele sumir.
Parabens pela foto
Eliseu Pimenta, segunda feira,03/08/09.Cachoeiro de itapemirim,ES

segunda-feira, agosto 03, 2009  
Anonymous Adelino said...

Samuel, tenho por costume não deixar os comentários sem um "comentário"... E, como somente depois de algum tempo eu volto aos posts antigos, deparei-me com o seu comentário sobre seus avós que presenciaram a passagem do cometa. Acho que se equivocaram com relação à época do fenômeno, pois foi em 1969/1970. Mas tudo bem. O importante é que tiveram o privilégio - de poucos, aliás - de presenciaram um espetáculo tão bonito.
Um grande abraço para você e seus avós.

quarta-feira, setembro 16, 2009  
Anonymous Adelino said...

Ana, ainda bem que a turma não vai duvidar mais de vocês. Às vezes fico imaginando quanta coisa deixamos de ver no céu noturno, pois é preciso muita coincidência estarmos olhando para ele justamente no momento em que alguma coisa extraordinária está acontecendo.
Um grande abraço.
Obrigado pela sua presença.

quarta-feira, setembro 16, 2009  
Anonymous Adelino said...

Pimenta, conforme eu disse em meu post, eu estava no Norte do Brasil, e lá o cometa ficou visível, pelo menos para mim, ao nascer do sol. Provavelmente já estava dando o seu "espetáculo" há algum tempo, mas poucos tiveram o privilégio de assitirem.
Um grande abraço.

quarta-feira, setembro 16, 2009  
Anonymous Adelino said...

Você, que não deixou o nome, mas o link para "Biblioteca", agradeço sua presença bem como o seu comovente depoimento sobre o cometa Bennett. É muito bom quando conseguimos com um simples post sensibilizar pessoas e mexer com a lembrança delas, como aconteceu contigo.
Um grande abraço.

quarta-feira, setembro 16, 2009  
Anonymous João Carlos Sobenes Filho said...

Caro Adelino: fiquei feliz de ver confirmada a impressão que eu tinha de que só eu tinha visto o cometa no outono de 1970 em São Paulo. Esteve lá por vários dias, e o vi porque acordava cedo, ainda escuro, para ir ao cursinho. Sempre interpretei essa linda visão como uma resposta às minhas inquietações de juventude (iria fazer 19 anos pouco depois), e voltei a falar com Deus e mudar de vida. Pouco tempo depois conheci o Opus Dei, e fiz-me membro dessa Instituição Católica e estou nela desde então. Um grande abraço. João Carlos.

sábado, fevereiro 20, 2010  
Blogger Leo said...

Meu caro, moro em Belo Horizonte e todas as pessoas que me conhecem, sabem que um dia pelos idos de 1970 só eu e somente eu, na face da terra, tive a oportunidade de ver um cometa. ´Estava saindo para trabalhar, quando, no ponto do onibus, tive aquela imagem maravilhosa. Graças a Deus, voce tinha uma camera e pode registrar, o que agora poderei encaminhar a todos os que me conhecem, provando que aquilo não foi um sonho, como tive que ouvir até agora. Muito obrigado pela iniciativa e um grande abraço. Leonidas BH

terça-feira, março 02, 2010  
Blogger jose antonio de castro said...

Parabéns pela foto e o fato!Que alegria!Eu vi essa beleza no céu do Rio Grande do Sul,tinha 14 anos e estava viajando com minha familia de madrugada de carro.Procurei informações desse cometa durante muito tempo, só lembrava que foi antes da copa de 70, agora vc trouxe a prova! Tá vivo e marcado na memória aqueles momentos emocionantes unicos, privilegio do acaso. Que bom saber que muitos também viram aquele espetaculo nos céus de 1970, parabéns Adelino!

quinta-feira, janeiro 20, 2011  
Blogger google said...

assisti a esse espetáculo em são josé dos campos durante quinze dias e ia anotando em um caderno a sua psição no ceu.
infelizmente esse registro se perdeu com o tempo.
fico feliz em relembrar esse tempo.

quarta-feira, agosto 03, 2011  
Blogger Carlos Tadeu said...

Adelino, bom dia!

Eu vi esse cometa. Eu morava no sul de Minas, zona rural de Cabo Verde. Lembro perfeitamente do fato, pois meu irmão nasceu nessa madrugada do aparecimento desse cometa.

Meu irmão tem o registro de nascimento como 25/03/1970.

Tínhamos dúvidas quanto ao dia correto do nascimento dele, sugeri que ele pesquisasse sobre algum cometa do mes de março e o link o remeteu até aqui.

Abração

Carlos Tadeu - Limeira/SP

sexta-feira, março 23, 2012  
Blogger Carlos Tadeu said...

Adelino,

Eu vi esse cometa. O aparecimento dele foi na noite do nascimento de meu irmão. Ele está registrado dia 25/03/1970, mas pode ter havido alguma alteração na informação da data de registro.

Isso se deu no sul de Minas Gerais, zona rural de Cabo Verde.

Abração

sexta-feira, março 23, 2012  
Anonymous Anônimo said...

cara, eu tava procurando alguma coisa sobre este cometa, eu tinha uns 9 anos, morava em cariri, hoje estado do tocantins e levantava todos os dias de madrugada para ver a "estrela de rabo" era assim que agente a chamava era lindo, nunca apagou da minha lembrança. Neuzi Bragança - Goiania GO.

terça-feira, março 26, 2013  
Anonymous Anônimo said...

Cara ,eu estava em férias no parque nacional de los alerces na Argentina,quando vi este cometa as 3 horas da manhã.
Indiscritível,inesquecível.

Sergio frankel

segunda-feira, novembro 18, 2013  
Blogger MG Componentes said...

Também vi este cometa,Eu tinha 5 anos na época e hoje fiquei emocionada ao procurar algo sobre este cometa e encontrar, ver que mais pessoas também viram tamanho espetáculo.
Lindo d+!!!

Jeane Grin/ Rio Grande do Sul

terça-feira, novembro 26, 2013  
Blogger MG Componentes said...

Também vi este cometa,Eu tinha 5 anos na época e hoje fiquei emocionada ao procurar algo sobre este cometa e encontrar, ver que mais pessoas também viram tamanho espetáculo.
Lindo d+!!!

Jeane Grin/ Rio Grande do Sul

terça-feira, novembro 26, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

Pois então, João Carlos, a repercussão do fato foi tão insignificante lá em Belém, que eu também quase cheguei a pensar que tivera sido mera imaginação minha... Mas foi verdade sim... Se na ocasião já existissem as magnífícas digitais de hoje, a foto teria sido muito melhor, mais nítida. Um abraço e um muito obrigado (embora tardio), por seu comentário.

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

LEO, FICO FELIZ EM SABER QUE A MINHA FOTOGRFIA E MINHA NARRATIVA COLABORARAM PARA PROVAR QUE VOCÊ NÃO TINHA TIDO UMA MERA ILUSÃO DE ÓTICA... ABRAÇO

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

Muito obrigado José Antônio, até hoje não entendo a pouca publicidade que deram ao fenômeno, pelo menos lá no Pará. Jornais e televisão, que eu saiba nada comentaram, nem antes e nem depois... Obrigado pelo seu belo comentário. Valeu.

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

"Google", a minha sorte foi a de ter uma câmera na mão e ainda por cima, com filme... Abraço e obrigado pelo comentário.

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

Carlos Tadeu, o fenômeno foi visto, naquela ocasião, em meados de março, portanto coincide com a data de nascimento de seu irmão. Uma data inesquecível. Meus parabéns a ele. Grato pelo seu comentário

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

É provável, Carlos. de qualquer forma o nascimento dele ocorrei na mesma época do aparecimento do cometa. Abraço

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

Retificando: "É provável, Carlos. de qualquer forma o nascimento dele ocorreu na mesma época do aparecimento do cometa. Abraço"

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

Retificando: "É provável, Carlos. de qualquer forma o nascimento dele ocorreu na mesma época do aparecimento do cometa. Abraço"

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

"Anônimo": estes depoimentos são interessantes porque cada um dos que observaram o Cometa tem uma visão ou uma lembrança diferente. Um abraço

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

Sergio, excelente o seu registro. Sou leigo no assunto, mas pelos depoimentos nota-se claramente que o cometa fez o sentido Sul-Norte-Nordeste. Um abraço

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

Bonito depoimento, Jeane,. Muito grato pelo seu comentário.

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Adelino P. Silva said...

Este comentário foi removido pelo autor.

sexta-feira, dezembro 13, 2013  
Blogger Unknown said...

Adelino. Bom Dia.
Neste dia meu pai nos chamou para assistir o belo espetáculo. Até hoje lembro de tudo como um filme em minha mente. Estávamos em Rifaina - SP, e estávamos construindo a Usina Hidrelétrica de Jaguara-SP.
Realmente o mundo parece ter dormido e não houve comentários na mídia. Televisão não tínhamos e começavam aparecer neste tempo. Veja o homem está acordando agora com o advento tecnológico. Satélites estavam iniciando também. Hoje estamos num paraíso de informações. Raramente um assunto desta grandeza nos passará desapercebido. Grande abraço.
Jobson Andrade Filho

quarta-feira, março 05, 2014  
Blogger Tania Zak said...

Acabei de ver um filme sobre cometas e me lembrei.....
No dia 21 de março de 1970 eu me casei e estavamos num onibus da Viação Cometa indo para nossa lua de mel em Caxambu, Minas Gerais e o motorista vendo que eu e meu marido estavamos acordados nos mostrou o céu e disse que achava que era um cometa.
Jamais esquecerei! Lindo!

domingo, agosto 17, 2014  
Blogger Adelino P. Silva said...

Jobson, de vez em quando venho aqui matar as saudades do meu blog, ocasião em aproveito para responder a alguns novos comentários.
Muito bonito o seu depoimento. Realmente as comunicações em 1970 ainda eram precárias. Como relatei (acho que o fiz), nenhum jornal, rádio ou TV de Belém fez referência ao Bennett. E pensar que nos dias de hoje tem até artefatos espaciais terrenos pousando em superfícies de cometas...
Um abraço

sexta-feira, fevereiro 27, 2015  
Blogger Adelino P. Silva said...

Tania Zak, o seu comentário/depoimento é dos mais bonitos e comoventes. Muito obrigado pela presença e prestígio.

sexta-feira, fevereiro 27, 2015  
Anonymous Anônimo said...

Olá Adelino! Só agora que comentei com o namorado da minha filha e ele localizou o seu blog com notícias do cometa Benett, que até então eu desconhecia que tinha sido visto em outros lugares. Como vc comentou, em 1970, nenhum jornal ou canal tv noticou nada a respeito desta aparição, que podia ser visto a olho nú. Estava passando férias em Guarapari (ES) com minha família, quando um morador da cidade comentou que todos os dias, entre 4 ou 5 hs da manhã aparecia um cometa na direção do mar. Minha irmã ficou acordada esperando o surgimento do cometa e depois acordou a todos para vermos. Foi deslumbrante e inesquecível! Infelizmente, eu e meu irmão tínhamos máquina fotográfica de filme de rolo, mas não tívemos idéia de fotografar. Lembro, inclusive, que fiquei admirada porque todas fotos de cometa mostram a calda inclinada para o lado e a que avistei do cometa Benett era reta e para cima. Obrigada por compartilhar a sua foto. Edelvira

sexta-feira, maio 20, 2016  

Postar um comentário

<< Home