18 outubro 2008

REVISTAS DO "MEU TEMPO" - 12

----------------------------------------------------------------Este post é dedicado à nossa leitora Sonia Mascaro, do LEAVES OF GRASS, que citou a Cinemin no seu comentário no post da Cinelândia, na semana passada.
Editada pela saudosa Editora Brasil-América Ltda (EBAL), Cinemin passou por várias fases. Fui seu leitor na mais recente, por sinal, a última, já que na década de 50 eu lia e via com mais frequência Cinelândia e Filmelândia. Tive um carinho especial pela EBAL, mas não vou tratar disso agora, deixo para um futuro possível post, afinal a "estrela" de hoje é a Cinemin. O exemplar da imagem de nossa coleção - incompleta - é o de número 36 (5a. série). Preço de capa Cz$ 33,00 (cruzados), equivalente a R$ 6,00 (reais, hoje); edição relativamente recente: 1987. Na capa, Jack Nicholson, Michelle Pfeiffer, Susan Sarandon e Cher personagens do filme “The Witches of Eastwick, 1986.
Lamento, mas a Cinemin não tinha anúncios, quando muito e raramente de uma loja de souvenirs obviamente que de cinema. Vejamos o que contém o nosso exemplar do post de hoje:
1) Foto de Elvis (1937 + 1977);
2) Filmes do mês: Coração Satânico (Mickey Rourke e Robert De Niro), Por Volta de Meia-Noite, A Ladrona, Um Tira da Pesada II, As Bruxas de Eastwick (capa), Jardins de Pedra e A Banda do Paraíso;
3) A influência dos imigrantes no cinema brasileiro (reportagem);
4) Cenas do clássico filme “The Day the Earth Stood Still), com Michael Rennie, o primeiro a abordar a invasão da Terra por alienígenas;
5) A magia de Fred Astaire, ao lado de Leslie Caron, Ginger Rogers, Cid Charisse, Adele Astaire, Joan Crawford...;
6) E a estréia da seção In Memoriam, onde Gil Araújo “homenageia sempre uma figura de cinema que nos abandona para sempre”. Hoje, Rita Hayworth...
E no expediente: Editora Brasil-América Ltda (EBAL) / Diretor-Presidente: Adolfo Aizen / Diretor-Superintendente: Paulo Adolfo Aizen / Diretor Editorial: Naumim Aizen / Diretor Industrial: Fernando Albagli / Escritório, Redação e Oficina: rua Almério de Moura, 302/320 / Tel.: 580-0303 / CEP 20921 / Rio de Janeiro, RJ, Brasil / Distribuidor para todo o Brasil: Fernando Chinagla.
--------------------------------------------------------------------
Imagem escaneada e composta do original por Aps
--------------------------------------------------------------------

17 Comments:

Blogger valter ferraz said...

Grande Adelino!
Sempre uma postagem atualizada, com nomes e números(inclusive com amoeda devidamente convertida).
Informação com garantia de procedência é aqui mesmo.
Tenha um bom domingo,
Forte abraço

sábado, outubro 18, 2008  
Blogger Yvonne said...

Adelino, você é o meu elo perdido. Através dos seus posts, eu relembro um monte de fatos legais do meu passado.
Beijocas carinhoasas

sábado, outubro 18, 2008  
Blogger Francine Esqueda said...

Olá... Desculpe a minha ausência! Estou sem tempo para postar nem comentar! Vou mesmo aproveitar muito este fim de semana! Senti saudade da net... vim conhecer e agradecer sua visita!
Muitos beijos, FRAN.

domingo, outubro 19, 2008  
Blogger chicoelho said...

Adelino,estou com a Ivonee seus posts sempre nos trazem uma lembrança bôa,


Abç

domingo, outubro 19, 2008  
Blogger Eduardo P L said...

Essa não é do meu "tempo". Me desculpem os mais velhos!

srsrs

Bom Domingo!

domingo, outubro 19, 2008  
Blogger sonia a. mascaro said...

Querido amigo Adelino,
Muito obrigada por este post dedicado a mim! ADOREI! Cinemin era uma revista de cinema que eu comprava sempre e ainda recortava e colava num caderno de desenho espiral os meus artistas preferidos. Bom... eu tinha uns doze anos quando fazia isso.... Ainda bem que você tem alguns exemplares para postar e eu poder relembrar! É como disse muito bem a Yvonne, através dos seus posts a gente faz uma viagem no tempo e revive momentos legais da nossa história.
Um beijão pra você!

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Blogger Maria Augusta said...

Este teu blog é um verdadeiro documento pela qualidade e precisão da informação. Sem falar no prazer que nos traz encontrar estes fatos que fizeram parte de nossa infância.
E sempre uma delícia vir aqui.
Um grande abraço.

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Blogger sonia a. mascaro said...

Adelino, adivinha o que eu estou escaneando para enviar a você?
O único exemplar do Cinemin que tenho guardado, colado naquele caderno espiral que eu falei. É um número dedicado ao Glenn Ford, que era um dos meus atores preferidos.
Bjs.

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Blogger sonia a. mascaro said...

Adelino, esqueci de dizer que a edição é de Junho de 1956!

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Valter, obrigado pelo "bom domingo". Ruim para nós vascaínos que vemos nosso time cada vez mais próximo do brejo... Quando a maré tá brava, meu caro, não tem jeito. Se o adversário não faz gol a gente faz por ele... E obrigado também pelos elogios.
Grande abraço.
PS - Viva o Palmeiras!!!

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Yvonne, gostei do "elo perdido"... É bondade sua, o que tenho visto lá no Blogente é de emocionar.
Bjks idem.

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Obrigado, Francine. Visite-nos sempre. E aproveite o seu fim de semana. Aqui está é muito frio e chuvoso. Estranhamente, aliás.
Beijos.

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Chico, ainda bem. Lembranças boas. Acho que essas é que valem e devem ser lembradas. O que não é bom devemos esquecer.
Grande abraço.

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Eduardo, é verdade: não é do seu tempo... e nem do meu... 1987 é coisa muito recente para nós...
Um abraço, com votos de boa semana sem chuva e frio.

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Sonia, a Cinemin não era muito conhecida, talvez pela popularidade e maior divulgação que tinham as outras especializadas Cinelândia e Filmelândia. Eu achava a Cinemin mais completa.

Sobre recortar fotos de artistas eu tenho uma irmã que fazia muito isto. Só que o "tempo" dela era bem mais remoto. Colecionava Clark Gable, Gary Cooper, Tyrone Power, Deanna Durbin, Rita Hayworth, Judy Garland, Cary Grant... Recortava das propagandas dos filmes ou do Estado de São Paulo (Estadão, agora), O Jornal, Correio da Manhã, Diário de Notícias e colava com grude (polvilho + água)... E da "Scena Muda" também...
Beijo. Feliz semana.
PS - Nada a agradecer. Foi uma homenagem muito simples, mas carinhosa.

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Maria Augusta, é mais uma lembrança mesmo, porque tem muitos detalhes que omitimos pelo pouco espaço.
Obrigado pela sua bondade em elogiar e pelo incentivo do prestígio.
Abraços. Boa semana.

segunda-feira, outubro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Sonia, considerando que era de 1956 suponho que tenha uma formato menor. Parece-me, não tenho muita certeza, que a revista passou por cinco fases diferentes quanto a sua diagramação e conteúdo.
Aguardarei com muita curiosidade o que tem a me mandar escaneado da Cinemin. Relíquias...
Abraços.

segunda-feira, outubro 20, 2008  

Postar um comentário

<< Home