19 setembro 2008

CAUBY PEIXOTO



É hábito até entre blogueiros homenagear artistas apenas quando estes se vão para sempre. Felizmente não é assim o post de hoje. Encontrei no Youtube esta interessante entrevista do Cauby Peixoto concedida a Leda Nagle em 1982.

Lembro-me bem quando ele cantava com exclusividade e sucesso nos domingos à noite na Rádio Nacional. Eu não me interessava, mas irmã não perdia um programa sequer. Eu o via somente como um artista engraçado, pelo comportamento de suas admiradoras se atirando ao chão, gritando, chorando, desmaiando e até rasgando os paletós dele. Hoje dizem que aquilo era “armação”, não creio, porque tive a oportunidade de ver isso de perto no dia em que passei em frente ao Teatro João Caetano, no Rio, e ele chegava para uma apresentação... Só passei a avaliar melhor sua arte depois de já maduro, experiente, mais isento.

Cauby Peixoto nasceu em Niterói, RJ, em 10/02/1931, está portanto com 77 anos de vida e de sucesso. É conhecido pelo timbre de voz grave e suave, e pelo estilo excêntrico e peculiar de seus figurinos e penteados. Nasceu em berço de artistas: seu pai tocava violão e sua mãe, bandolim. Além dos irmãos instrumentistas e do tio, um grande pianista. Considerado pelas revistas Time e Life como o Elvis Presley brasileiro, gravou um LP nos USA com o nome artistico de Ron Coby. Cauby fez aparições na TV e em diversos filmes americanos; interpretou Maracangalha (de Dorival Caymmi) em inglês (um sucesso estrondoso), além de ter feito expressivas temporadas artísticas na América do Norte. Ao comemorar 25 anos de carreira, Caetano Veloso, Chico Buarque, Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Tom Jobim e outros criaram canções especialmente para ele.

Considerado um dos maiores cantores do mundo, interpretou dezenas de sucessos, mas sua voz sempre esteve ligada a uma canção inesquecível: “CONCEIÇÃO”...

Nota: este post é dedicado especialmente à tia da Elma (Caliandra do Cerrado) que dia desses perguntou num comentário: “…Suas buscas são ótimas e quando você vai mostar algo sobre Caubí Peixoto, cantando: Conceiçãããão, eu me lembro muito bem…? Tenho uma tia querendo recordar…”

Então está aí o que você sugeriu, prezada leitora Elma Cordeiro…

63 Comments:

Blogger sonia a. mascaro said...

Olá Adelino, ótimo o post sobre o Cauby Peixoto. Gosto muito dele, principalmente de uma música que agora não me lembro do nome... mas vou ao Google e já volto.
Bjs.

sexta-feira, setembro 19, 2008  
Blogger sonia a. mascaro said...

A música é Bastidores, do Chico Buarque. Conhece? Começa assim:
Chorei, chorei, até ficar com dó de mim
E me tranquei no camarim
Tomei um calmante
Um excitante e um bocado de gim...
Ótima!

Um bom final de semana!
Bjs.

sexta-feira, setembro 19, 2008  
Anonymous ana de toledo said...

Eu também espero contar com a sua presença lá no meucopacabanadetoledo.blogger.com.br
Já sou, desde já, leitora assídua!
Indicação que vo lá na amiga Helô!
Apareça!!!

sexta-feira, setembro 19, 2008  
Blogger valter ferraz said...

Adelino,
eu ia dizer que Cauby Peixoto é f*%#, mas já ví que o fã clube aqui é grande (principalmente a amiga Sônia). Então vou dizer só que não "aprecio", ok?
Ah, lembrei: lí uma notícia no ESTADÃO, e lembrei logo de você.
Bom final de semana
Forte abraço

sábado, setembro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Sonia, por acaso vi o vídeo no You Tube. E mais por acaso ainda, eu me lembro de ter visto a entrevista no mesmo dia em que passou na Tv. Lembrei-me que a Elma (Caliandra do Cerrado) tinha falado sobre o desejo da tia dela de ver alguma coisa sobre o Cauby. É um grande artista.
Bjs, e ótimo final de semana.

sábado, setembro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Sonia, conheço sim "Bastidores", do Chico Buarque. Acho que foi gravada em 82/83, por aí. Ele dá um show de interpretação.
Ótimo final de semana para vocês também. Bjs.

sábado, setembro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Certo, Ana de Toledo. Pode contar com as minhas visitas também.
Obrigado. Ótimo final de semana.

sábado, setembro 20, 2008  
Anonymous Adelino said...

Valter, eu tenho uma digamos "postura" pouco comum com relação a artistas de um modo geral. Costumo separar a arte deles com a simpatia pessoal dos próprios (falo apenas do que conheço por entrevistas faladas ou escritas).
Por exemplo: como pessoa eu era fan do Tom Jobim, vi muitas entrevistas dele, muito agradáveis, engraçadas, espirituosas, inteligentes. Já como cantor/compositor eu não o apreciava muito. Sei que é um sacrilégio dizer isto, mas fazer o quê? O Cauby, eu o acho/acahava engraçado pela excentricidade dele, mas que canta/cantava muito e tem/tinha várias interpretações ótimas, sem dúvida alguma.
E me dê uma "dica" da notícia do Estadão, ô Valter...

PS - Tem aontecido alguns problemas no Blogger. Espero que sejam passageiros. Já sou limitado nisso, e ainda complicam... Assim é difícil, não é?
Abraços a todos com um ótimo final de semana, com sol e sem chuva. E com uma vitória do Vasco sobre o Palmeiras (impossível isso)...

sábado, setembro 20, 2008  
Blogger Caliandra do Cerrado said...

Adelino tive hoje uma grande surpresa preparada por você, ao trazer especialmente para minha "tia", essa valiosa entrevista de Cauby Peixoto cantando não somente Conceição, mas outras músicas e falando dos artistas de sua época. Realmente admiro a sua capacidade de realizar buscas nos arquivos da vida.
Cauby Peixoto tinha algo mais que encantava as suas fãns, ele era extremamente atencioso e carinhoso e ainda fazia caras de grande sedutor.
Obrigada meu querido visitante do jardim de Caliandra, que hoje tem post novo depois de uma breve queimada, uma ocorrência normal no Brasil Central.
Um grande abraço e receba duplamente o meu agradecimento. Não poderia ser mais completo se não fosse por você, como sempre faz.
Bjss

sábado, setembro 20, 2008  
Blogger valter ferraz said...

Adelino,
cole este endereço aí na tua barra de endereços, vai entender ou viite o Perplexo, uai.
Não é impossível o Vasco ganhar. No futebol não há nada impossível.

http://www.estadao.com.br/cidades/not_cid244937,0.htm

sábado, setembro 20, 2008  
Blogger Cristiane said...

Caro amigo Adelino,

Uma tia já falecida, amava o Cauby, em especial pela sua voz...

Obrigada pela visita, e volta sempre, aliás, tem post novo lá...

Um domingo de MUITA PAZ para você e todos os seus, beijo carinhoso, Cris

domingo, setembro 21, 2008  
Blogger Luci Lacey said...

Adelino

Amo o Cauby.

Ja fui me varios shows dele.

A educacao dele a performance e linda.

Amei seu post, e bom o Valter, nao falar mal dele nao kkkkkk

A galera aqui e grande.

Gosto muito de Bastidores que Sonia comentou.

Li no blog do Valter que vc e Vascaino, tsc tsc tsc kkkkkk

Sou flamenguista , Meeengoooo.

Parabens pelo post.

Beijinhos, bom Domingo e boa semana.

domingo, setembro 21, 2008  
Blogger Luci Lacey said...

Adelino

Por favor, faca um post com boleros, minha paixao.

Modestia a parte, danco bem

kkkkk

Beijinhos de novo

domingo, setembro 21, 2008  
Blogger Maria Augusta said...

Adelino, que bela homenagem a este grande nome da música brasileira. Não sabia que ele tinha feito sucesso também no Exterior.
Um grande abraço e um bom domingo para você.

domingo, setembro 21, 2008  
Anonymous Adelino said...

Elma, espero que a sua tia tenha gostado. O Cauby é muito versátil. Transita por todos os gêneros musicais e se sai esplendidamente bem. Quando coloquei o post fiquei meio apreensivo, porque normalmente quando se faz isso com artistas antigos, pensa-se logo no pior. Felizmente ele está aí ótimo, cantando e trabalhando ainda. Um ícone da nossa música popular.
Um abraço para a sua tia.
Beijos. Ótima semana.
PS - Vou lá no "cerrado" fazer minha habitual visita.

domingo, setembro 21, 2008  
Anonymous Adelino said...

Valter, já fui no link e respondi. Aliás, deixei um comentário dos mais extensos que escrevi...
Quem me dera, meu caro Valter...
Grande abraço. Ótima semana para todos nós.

domingo, setembro 21, 2008  
Anonymous Adelino said...

Cristiane, o Cauby era/é um show-man. Uma das melhores, senão a melhor interpretação de New York New York. Maior mesmo só o Sinatra.
Um beijo. Estarei visitando o Fragmentos logo mais.

domingo, setembro 21, 2008  
Anonymous Adelino said...

Luci, é o que se chama de um astro completo: competente, educado.
Um beijo. Boa semana.

domingo, setembro 21, 2008  
Anonymous Adelino said...

Luci, aguarde quanto ao seu pedido...
Sobre o ser Vasco/Flamengo tem um comentário meu de esclarecimento lá no Perplexo... Já viu?
Beijos. Ótima semana.

domingo, setembro 21, 2008  
Anonymous Adelino said...

Maria Augusta, é por isso que é bom fazer essas homenagens aos artistas enquanto vivos, não é?
Obrigado pela sua visita. Beijos, ótima semana.

domingo, setembro 21, 2008  
Blogger Saia Curta said...

Oi Adelino ,muito bem postado.Cauby Peixoto è um cantor ,interprete da música brasileira inigualável.
valeu apena ter recordado este exemplo de vida com 77 anos..
beijinhossss.
N@n@

domingo, setembro 21, 2008  
Blogger marilia said...

Bom dia, Adelino...
Só vc para escreversobre o Cauby e me fazer conseguir ler sem implicr!
è tenho implicâcia om ee..Coisas de infância, pois a miha bábá gostava mais dele que de cuidar de mim...rssss
Bjos carinhosos e otima semana.

segunda-feira, setembro 22, 2008  
Anonymous Adelino said...

Adriana, até que eu gostaria de fazer algo mais completo, mas o espaço é pouco, e além disso acho que lembrar o Cauby como grande intérprete e cantor já é uma boa coisa.
Beijos. Ótima segunda-feira.

segunda-feira, setembro 22, 2008  
Anonymous Adelino said...

Marília, eu sei da sua "bronca" com a sua babá que vivia cantando "Conceição" em vez de cuidar de você... Mas coitado, o Cauby não tinha culpa nenhuma.
Sua rvelação está num post antigo, isto é, antigo para este blog...
Beijos. Obrigado pelo carinho e prestígio. Ótima semana para você.

segunda-feira, setembro 22, 2008  
Blogger Lia Drumond said...

Incrível ver a evolução do gosto para galãs, né? Bjs

segunda-feira, setembro 22, 2008  
Anonymous Adelino said...

Concordo, Lia, os padrões de estilo mudam. Veja o que são as "musas" de hoje, as "mais bonitas do século", as "mais sexy" etc. Não se pode negar ao Cauby as qualidades de um grande cantor, de uma voz muitas vezes comparada à de Frank Sinatra, independente de sua figura um tanto excêntrica.
Tinha gente que se divertia com as apresentações dele... Certa vez, lembro-me bem, os alunos da antiga ENE (Escola Nacional de Engenharia) "brindaram" o Cauby com algumas dúzias de ovos e tomates adquiridos nas feirinhas do Largo de São Francisco, aqui no Rio... Os fundos da Escola ficava a uns 20 metros dos camarins do Teatro João Caetano... Não era agressão, pelo contrário, era apenas brincadeira para irritar as fanzocas dele que no calor da emoção se abanavam com a Revista do Rádio...
Bjs.

terça-feira, setembro 23, 2008  
Blogger valter ferraz said...

Adelino,
fora do contexto do post:
fui ao post sobre a loteria, cliquei no link do Estadão e ele direcionou normalmente para a matéria.
Não quer tentar de novo?
Às vezes acontece um problema momentâneo.
Mas vale a pena tentar.
De qualquer forma estamos a postos(ops!) para tentar resolver as dificuldades.
Abraço forte

ps: caviar em Mongaguá? Nem pensar, aqui é no feijão-com-arroz mesmo

terça-feira, setembro 23, 2008  
Anonymous DO said...

Bom,ele não faz bem o meu estilo,mas um artista que está a tanto tempo sendo admirado tem mesmo valor.
Muito bom o post,Adelino.
Abraços!!

terça-feira, setembro 23, 2008  
Blogger Ery Roberto Corrêa said...

Adelino, difícil olhar pro Cauby e não sentir como ainda parece ter o gás dos velhos tempos. Deve ser pelo timbre "durável" da voz marcante e por aquela vaidade toda que sempre fez questão de carregar e que, no caso dele, dá resultados: sempre parece um "interminável".

Também é difícil vê-lo e já não começar a cantarolar, ou pelo menos lembrar de "Conceição".

Um artista fabuloso.

terça-feira, setembro 23, 2008  
Blogger Janaina Amado said...

Adelino,
Primeira vez que venho aqui. Gostei muito do seu post, viu? Assuntos interessantes, escritos em linguagem correta, muita informação... vou voltar.
Bom, quando eu era adolescente, odiava o Cauby, claro - pra depois entender que a minha cabecinha então era estreita e preconceituosa pra beleza da voz dele e do que ele representa na nossa música. Parabéns pelo post e pelo blog.
PS - Fica bravo não com o enigma da foto com a música do Chico. Vai ser esclarecido!

terça-feira, setembro 23, 2008  
Blogger Betinha said...

Já lhe disse que é uma delícia passear por aqui? Obtenho alguns conhecimentos, é muito rico em conteúdo...

Abraço afetuoso,e uma boa semana.

terça-feira, setembro 23, 2008  
Anonymous Adelino said...

Valter, estranho, não consegui rever os comentários. Acho que estou fazendo algo errado. E lá só consta um (1) comentário. Cadê o resto?
Grande abraço.

terça-feira, setembro 23, 2008  
Anonymous Adelino said...

Do, o post teve mais o sentido de uma lembrança do grande artista que é/foi Cauby Peixoto. Ele foi de um tempo em que se cantava sem play-back, sem mímica. Ou cantava ou não cantava, ao contrário de certos "artistas" de hoje que, se tirarem deles os efeitos sonoros, luzes coloridas, fogos de artifício, barulho etc, nada fazem. Sucumbem.
Um abraço. Obrigado pela sua presença.

terça-feira, setembro 23, 2008  
Anonymous Adelino said...

Ery, você pensou como eu: a figura de Cauby está ligada à "Conceição, eu me lembro muito bem...", que só ele sabe interpretar. Aliás, se analisarmos a mensagem daquela canção, veremos que ela ainda hoje é bem atual.
Ery, acho que os artistas mais antigos deveriam ser homenageados e muito bem homenageados enquanto em vida.
Grande abraço

terça-feira, setembro 23, 2008  
Anonymous Adelino said...

Janaina, eu também pensava assim. Quando jovem, na figura de Cauby eu via apenas graça em certos exageros de suas apresentações. Com o passar do tempo, entendemos a importância que teve para a música brasileira. Continuo achando que os artistas do porte dele têm de ser homenageados e lembrados enquanto estão aí bem vivos. Por isso o post que deve ter causado até susto em muita gente...
Estive, por indicação do Lord, visitando seu blog. Gostei muito.
Estarei sempre por lá lendo e comentando, se for o caso.
Claro que não fiquei bravo por causa do enigma "O que será?". Teve o claro simbolismo de muitas dúvidas que nos acometem todos os dias e em todas as horas.
Um abraço para você.

terça-feira, setembro 23, 2008  
Anonymous Adelino said...

Elizabeth, ótimo que tenha gostado do post. Eu penso que informações sobre o artista estão aí em profusão, mas poucos se interessam, então temos de lembrar deles de vez em quando. Foi o que procurei fazer, ainda que causando "sustos" em alguns leitores mais "pessimistas"...

Eu também gosto muito do seu blog.
Às vezes não comento, mas leio com atenção, e aprendo muito também.
Um abraço respeitoso para você.

terça-feira, setembro 23, 2008  
Blogger marilia said...

Oi Adelino...
Bom dia.
Deus me conforta e estimula, porém, Ele sempre me deixou confusa...
Bjos e valeu a visita!
Marilia

quarta-feira, setembro 24, 2008  
Anonymous Meire said...

Grande Cauby...eu posso dizer que o conheço desde sempre. Meus pais o admiravam, e tinhamos algusn discos dele em casa, ao aldo dos discos de Angela Maria, Nelson Gonçalves, Orlando Silva, entre outros.
Bsj

quarta-feira, setembro 24, 2008  
Blogger Gená F. said...

Adelino,
Vozes como a de Cauby não existem mais.
Bela homenagem!
Beijos!

quarta-feira, setembro 24, 2008  
Blogger Caliandra do Cerrado said...

Este comentário foi removido pelo autor.

quarta-feira, setembro 24, 2008  
Blogger Caliandra do Cerrado said...

Bom dia Adelino
Pelo visto, Cauby Peixoto ainda mantém aquela aura de grande astro, com sua voz maravilhosa e como você mesmo disse, sem os recursos tecnológicos que hoje a maioria dos cantores conta. Suas apresentações eram ao natural, ao vivo e seu um timbre de voz é incomparável tanto é verdade que ele até hoje canta e encanta.
Cauby possui um guarda roupa riquíssimo porque ele faz questão em se apresentar assim por achar que seu público merece.
Hoje a gente vê certos “artistas” se apresentando sem camisas e até descalços. Ou será que os conceitos mudaram tanto?
Obrigada pela sua preciosa visita e pelo comentário sobre o risco de extinção de algumas aves do cerrado.
Vou falar também sobre uma curiosa ave do cerrado que se camufla de tronco de árvore para se proteger e usa também dessa mesma forma para conseguir seu alimento. Aguarde!!

Por certo o tema sobre as aves será exposto no Caliandra.
Bjs - Elma

O comentário acima apagado foi meu, pois coloquei o nome da ave e achei melhor deixar para a ocasião do post. Desculpe

quarta-feira, setembro 24, 2008  
Blogger Eduardo P L said...

Muito bem lembrado. Fazer homenagens em vida! Morto não vê!!! Pelo menos, eu acho....

Grande voz!

Forte abraço

quarta-feira, setembro 24, 2008  
Anonymous Bete said...

"O Rio amanheceu cantando
Toda a cidade amanheceu em flor
E os namorados vêm pra rua em bando
Porque a Primavera é a estação do amor"
Voce tem a razao, a música é linda . Uma homenagem maravilhosa á primavera e ao Rio.
Quando resolvi postar sobre o Equinócio e o Marco Zero do Equador, lembrei de você. Da visita que você nao fez ao monumento.
Sinto muito. Se quiser voltar, será sempre bem vindo.
Macapa esta maltrada, mas tem muitos atrativos naturais.
Obrigada pela visita e pelo comentário, sempre carinhoso e motivador.
Bjs no coração

quarta-feira, setembro 24, 2008  
Blogger Jeanne said...

Sempre gostei do Cauby, desde menina até hoje, acho ele sensacional, dono de uma voz ímpar, e de um grande carisma.
Concordo com a Sonia, a música Bstidores é maravilhosa, se não me engano, teria sido composta pelo Chico especialmente para o Cauby.
Parabéns pela escolha do post, beijos

quarta-feira, setembro 24, 2008  
Blogger Janaina Amado said...

Adelino, você já viu o furor que vc. provocou lá no meu blog? Vai lá ver, rs

quarta-feira, setembro 24, 2008  
Blogger sonia a. mascaro said...

Oi Adelino,
Obrigada pela visita! O Carlos pediu para agradecer a você os elogios às fotos da ponte estaiada!

Tendo tempo, dê uma passada lá no blog, acho que você vai gostar....
Beijos.

quinta-feira, setembro 25, 2008  
Blogger Saia Curta said...

OLÁ ADELINO, OBRIGADA PELA VISITA, DESCULPE A AUSÊNCIA. É QUE MINHA CACHORRINHA FEZ UMA CIRURGIA DE MAMA E TIVE QUE DÁ + ATEÇÃO À ELA...
BEIJINHOS...
N@N@

quinta-feira, setembro 25, 2008  
Blogger Só- Poesias e outros itens said...

Recordar é preciso... assim como navegar é viver.

Gosto de alguma músicas, outras não.

Podemos dizer que ele tornou-se uma lenda.

bjs.

JU gioli

sábado, setembro 27, 2008  
Anonymous Adelino said...

Um beijo, Marília.
Não se deve perder a fé.
tudo de bom para você.
Beijos. Ótimo final de semana.

sábado, setembro 27, 2008  
Anonymous Adelino said...

Meire, Cauby fez parte de uma boa safra de grandes intérpretes da música brasileira.
Beijos.

sábado, setembro 27, 2008  
Anonymous Adelino said...

Eugênia, tanto que a voz dele foi comparada à de Frank Sinatra. Talvez a sua excessiva excentricidade o tenha prejudicado um pouco.
Beijos. Grato pela sua visita.

sábado, setembro 27, 2008  
Anonymous Adelino said...

Elma, os conceitos artisticos nessa aérea mudaram sim e muito. Coloque certos cantores de hoje num palco cantando sem acompanhamento, sem luzes, holofotes, foguetes, fumaças de gelo seco, efeitos sonoros, animadores de auditório e vê no que dá. Ficam sem camisa, pulam e correm de um lado para o outro, berram. Uma lástima. E chamam a isso shows musicais. Há exceções sempre.
Beijos

sábado, setembro 27, 2008  
Anonymous Adelino said...

Eduardo, apesar dos pesares ainda existem programas de TV que homenageam grandes artistas em vida. Mas eu me refiro a artistas antigos, pois homenagear artistas novos a toda hora dá para desconfiar...
Um abração. Bom domingo.

domingo, setembro 28, 2008  
Anonymous Adelino said...

Bete, já vi que foi lá no RIO EM DISCO da nossa querida amiga Helô ouvir o Primavera no Rio. Eu não me canso de ouvir aquela canção. Acho até que ela deveria ser o hino da nossa cidade. Tem uma outra também no blog dela que fala "Vê estão chegando as flores..." esta sim, com Dalva de Oliveira.
Um beijo. òtimo domingo para todos.

domingo, setembro 28, 2008  
Anonymous Adelino said...

Bete, corrija, por favor: "...estão VOLTANDO as flores..."
Bjs

domingo, setembro 28, 2008  
Anonymous Adelino said...

Jeanne, diversos compositores homenagearam Cauby compondo canções especialmente para ele. Chico Buarque compôs "Bastidores".
Um beijo. Ótimo domingo.

domingo, setembro 28, 2008  
Anonymous Adelino said...

Janaina, vou lá ver. Imagino que seja a interpretação que dei para aquela foto, não foi? Rs.
Beijos. Feliz domingo.

domingo, setembro 28, 2008  
Anonymous Adelino said...

Parabéns ao Carlos, Sonia. Quando comecei a ver a foto pensei que fosse nos States...
Um beijo. Ótimo domingo.

domingo, setembro 28, 2008  
Anonymous Adelino said...

Adriana, espero que tudo acabe bem. E irá.
Um beijo. Ótimo domingo pra vocês.

domingo, setembro 28, 2008  
Anonymous Adelino said...

"...Recordar é preciso... assim como navegar é viver..." (JU GIOLI)

Ju, e se é preciso viver, navegar é preciso...
Beijos. Um feliz domingo.

domingo, setembro 28, 2008  
Anonymous Anônimo said...

Vou ser bem sincero a respeito desse tal de Cauby Peixoto :

Ele é o melhor cantor brasileiro e um dos melhores do mundo. Todos nós devíamos ter orgulho de termos esse grande artista em nossos país.
Cauby canta melhor My Way do que Sinatra e Elvis ! É um cantor de nível internacional. E olha que eu sou fã de Sinatra e Presley !!

quinta-feira, abril 30, 2009  
Anonymous Maria das Graças said...

Sua história será sempre lembrada por todos, como um artista consagrado por muitos pela voz que tem, pela sua conduta sempre discreta como cidadão brasileiro que ama sua Pátria.
Hoje já com 78 anos ainda canta como antes, pois sua vida foi dedicada ao que gostava de fazer:cantar!
Cauby Peixoto soube viver bem a Vida!

domingo, maio 03, 2009  
Anonymous Maria das Graças said...

Sua história será sempre lembrada por todos, como um artista consagrado por muitos pela voz que tem, pela sua conduta sempre discreta como cidadão brasileiro que ama sua Pátria.
Hoje já com 78 anos ainda canta como antes, pois sua carreira foi dedicada ao que gostava de fazer:cantar!
Cauby Peixoto soube viver bem a Vida!

domingo, maio 03, 2009  

Postar um comentário

<< Home